Wedson Galindo denuncia que gestão de Orlando Jorge em Limoeiro encontra-se “muito deficitária”

Publicado por Alberes Xavier em 20/09/2021 às 12:45



O chefe de Gabinete do senador Humberto Costa, Wedson Galindo (PT), assegura que a gestão do prefeito de Limoeiro, Orlando Jorge (Podemos), “encontra-se muito deficitária”. Wedson denunciou ao Blog do Alberes Xavier  que está havendo perseguição as pessoas que não votaram no prefeito nas últimas eleições. Segundo Galindo, a população está decepcionada. “Orlando não vêm correspondendo ao que foi prometido no período de campanha, principalmente na área de saúde”, disse.


Candidato em 2022: após uma série de visitas realizadas pelo interior, Galindo acredita no crescimento representativo do Partido dos Trabalhadores nas eleições do próximo ano. Está sendo realizado um trabalho voltado, principalmente aos jovens, para mostrar as ações e contribuições ocorridas através do partido pela melhoria da sociedade. Wedson declarou ainda que nutre uma atenção especial pela região do Polo de Confecção do Agreste, e não descarta a possibilidade de concorrer a uma vaga como deputado estadual nas eleições de 2022.