Presidente Bolsonaro recebe Albérisson Carlos e outros presidentes de Associações Militares para ouvir reivindicações

Publicado por Alberes Xavier em 09/06/2021 às 19:22


Presidente da ACS-PE, Albérisson Carlos, fez parte da comitiva que está em Anápolis, Goiás, junto com Bolsonaro.


Crédito habitacional para Policiais e Bombeiros Militares, isenção de impostos para a categoria na compra de armamento e volta do Ministério da Segurança Pública. Esses foram os principais assuntos tratados com o Presidente da República, Jair Bolsonaro. O encontro aconteceu na tarde desta quarta-feira, dia 9 de junho, em Anápolis.


O Presidente da Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados, Albérisson Carlos, fez parte da comitiva que foi recebida no estado de Goiás. Albérisson reforçou a necessidade de criação de políticas públicas para quem combate a violência.


“O Presidente sempre demonstrou que tem diálogo com Policiais e Bombeiros Militares. Nossa categoria sempre está disposta a buscar formas de construir uma sociedade mais segura e justa”, comentou Albérisson durante conversa com Bolsonaro.


A Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados participa do 21º Fórum das Entidades Representativas Militares Estaduais e Pensionistas do Brasil.


O evento esse ano é realizado em Goiânia e debate assuntos de interesse da segurança, como: previdência, Lei de Organizações Básicas das Polícias e Bombeiros Militares do Brasil – que busca a padronização da carreira do Policial e Bombeiro Militar – ciclo completo de polícia – que proporciona a PM fortalecimento institucional, bem como à sociedade, a iminente ausência de viaturas envolvidas em ocorrências em crimes de menor potencial ofensivo, além da criação do novo Ministério da Segurança Pública, que virou Secretaria do Ministério da Justiça.


“Habitação é uma necessidade de qualquer cidadão, não é diferente para o Policial e Bombeiro Militar. Acreditamos que esses profissionais podem e merecem ter condições diferenciadas para esse tipo de aquisição. A LOB é uma segurança para quem faz a segurança pública estadual. Ela padroniza as promoções e passa segurança para que o indivíduo possa investir na carreira militar. O Ministério da Segurança Pública é necessário. Não se pode misturar justiça com segurança pública. Elas se completam, mas necessitam de atenção específica”, afirmou<https://www.instagram.com/p/CP5vJ5Dl9el/?utm_medium=share_sheet> Albérisson Carlos.


Em 2022, Pernambuco vai segurar esse mesmo Fórum. A ACS-PE faz parte da Associação Nacional das Entidades Representativas de Policiais, Bombeiros e Pensionistas Militares do Brasil. A ANERMB tem mais de 220 mil sócios.


“A experiência está sendo muito proveitosa. Apresentar pautas para o Presidente da República foi importante para as entidades. Ano que vem estaremos no Recife debatendo novas reivindicações e com a experiência de ter participado desse encontro”, concluiu Albérisson.