Secretário de CT&I, Lucas Ramos visita o Cesar para firmar parcerias

A ideia é ampliar as ações do Governo do Estado e interiorizar a presença da Secretaria


O secretário estadual de Ciência, Tecnologia e Inovação (Secti), Lucas Ramos, visitou o Centro de Estudos e Sistemas Avançados do Recife (Cesar), nesta terça-feira (17). O encontro, que aconteceu na sede do órgão, no Bairro do Recife, serviu para trocar experiência e firmar parcerias futuras. Na ocasião, Lucas esteve acompanhado dos diretores de Ambientes de Formação e Inovação Superior e de Estratégias e Ambiente Legal para Inovação da Secti, Carmelo Filho e Alexandre Stamford, respectivamente, além do presidente do Instituto de Inovação Tecnológica (IIT), Luiz Arturo, e foi recebido por Ivan Patriota, diretor executivo do Cesar Labs, e por Geórgia Barbosa, gerente de Projetos do Cesar.


“É um desafio muito grande poder transformar essa nossa energia e juventude em ações que possam chegar nos lugares mais distantes, porque, hoje, o que acontece é que o Recife se consolidou como um polo tecnológico desde a chegada do Cesar e do Porto Digital e, atualmente, por conta disso, a concentração dos investimentos ocorreram mais intensamente na capital pernambucana”, ponderou Lucas Ramos, ao destacar que, agora, como secretário, tem a chance de transformar Petrolina e a Região em um grande polo de desenvolvimento tecnológico também. “Seja a partir do fomento das startups ou empresas de tecnologia. A ideia é promover o processo de transformação digital das empresas já consolidadas e, no futuro próximo, implantar a cultura da Indústria 4.0”, disse.


Segundo Lucas, o que move a economia das cidades sertanejas, hoje, é o setor agrícola. “O dinheiro que circula é consequência da irrigação, que gera emprego e renda, permitindo a atração de novos negócios, e o desenvolvimento do setor de serviços. Petrolina se destaca por ser polo médico e educacional, além da produção de frutas tropicais, comercializadas no mundo inteiro. Nosso maior objetivo é levar ações de inovação para o interior por meio da ciência, tecnologia e inovação”, finalizou.


“Inovação cooperativa acaba por movimentar novos modelos de negócios”, pontuou Ivan Patriota, diretor executivo do Cesar Labs, ao destacar que, para conseguir desenvolver projetos, é preciso contar com parcerias. “Vamos conversar para que, no mais breve possível, possamos construir soluções em conjunto. A troca de experiência é fundamental para o desenvolvimento das ações, seja na área de residência tecnológica, na capacitação ou em qualquer outro assunto que envolta políticas públicas de CT&I”, destacou Ivan.


Cesar – A missão é Identificar, potencializar e concretizar oportunidades de transformação das organizações e da vida das pessoas. Agregando, assim, o alto impacto socioeconômico, a proatividade e ousadia, a excelência e parcerias, o ambiente instigante e divertido e o compromisso ético e regional.