"Eu não fujo de luta", afirma Mendonça Filho sobre prefeitura do Recife em 2020

O ex-ministro da Educação, Mendonça Filho (DEM), voltou a agradecer a expressiva votação que recebeu em Santa Cruz do Capibaribe durante sua disputa como candidato ao Senado Federal em 2018. "Uma das maiores votações que tive como candidato a Senador do estado foi em Santa Cruz e eu sou muito grato, quero que o povo saiba disso, pelo carinho, atenção e confiança que eu sempre tive desse povo. Aliás, herdada até de meu pai, saudoso Zé Mendonça", destacou o mesmo, em entrevista concedida ao Blog do Alberes Xavier e ao programa Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios. 


Na oportunidade, o político agradeceu de forma direta a lideranças como o prefeito Edson Vieira (PSDB), Zilda Moraes (DEM) e ao ex-prefeito Zé Augusto (Avante), que, de acordo com o mesmo, contribuíram com sua eleição. Porém, seu agradecimento especial foi dedicado a população que lhe conferiu expressiva votação na cidade. "Muito grato mesmo a população de Santa Cruz, principalmente o povo, que foi muito fraterno e muito confiante com relação a minha pessoa", disse. 


Mendonça, que saiu derrotado na disputa ao Senado, afirmou durante a entrevista que tem se dedicado a cuidar da sua vida privada e destacou o trabalho que tem realizado junto a Fundação Lemann, organização sem fins lucrativos dedicada ao desenvolvimento da educação, e ao ILEC, órgão de pesquisa e assessoramento do Democratas, onde atua como presidente. "Para aqueles que ficam preocupados e imaginando como estou, eu graças a Deus tenho do que viver, estou muito bem obrigado", afirmou. 


Volta por cima - Na oportunidade, o ex-deputado federal demonstrou seu interesse em seguir na vida pública e não se absteve de falar sobre os próximo pleitos. "Então estou bem e trabalhando para que a gente possa dar a volta por cima em breve. Os cenários ai é que vão apontar os caminhos que vamos ter tanto em relação a 2020, como em relação a 2022", disse. 


Recife - Com o seu nome no pário como possível candidato a prefeito no Recife, Mendonça afirmou que é preciso união das forças da oposição na cidade para combater o projeto do PSB. "A oposição precisa está o máximo possível unida para que ela possa ter força no processo eleitoral de 2020 na capital pernambucana. Se por ventura eu for o nome escolhido para disputar a prefeitura do Recife, eu não fujo de luta não, eu não tenho receio não", afirmou. 


Presidente estadual do DEM, Mendonça afirmou que o partido deverá contar com mais de 30 candidaturas a prefeito no próximo pleito e que não teme nenhum adversário caso venha ser candidato de fato a prefeito do Recife. "Não temo ninguém. Eu sou um cara que na verdade não escolho adversários. Acho que a luta política não coloca essa condição de você ficar escolhendo. Acho apenas que esse sistema político do PSB em Pernambuco já deu o que tinha que dar. Acho que ninguém aguenta mais". 


PSB - Durante a entrevista, o mesmo não polpou críticas a gestão do PSB em Pernambuco, lamentando a forma como o Governo Estadual trata a região do Polo de Confecções. "Não foi Governo que fez aqui essa pujança, esse desenvolvimento de Santa Cruz não. Foi o povo, que encontrou o seu caminho. E ai, o Governo quando vem para cá, vem mais para atrapalhar, criar problema e perseguir quem trabalha e produz", disse


Se ligue – O programa “Cidade em Foco” vai ao ar de segunda a sexta-feira: 11:00 hs, na Rede Agreste de Rádios, composta pelas Emissoras: Rádio Filadélfia FM (104,9), Farol FM (90,5), Rádio Cambucá FM (104.9), Rádio Vale FM (91.7), Redentor FM (104,9), Orobó FM (105.9), Potyra FM (87,9) e pela Internet: www.filadelfiafm.net