Eduardo da Fonte solicita ao Banco do Brasil que adie o vencimento das parcelas do FAT Taxista por 90 dias sem juros

Para amenizar o impacto financeiro causado pelo coronavírus aos taxistas, o deputado federal Eduardo da Fonte (PP) enviou uma solicitação ao presidente do Banco do Brasil para que prorrogue por 90 dias o vencimento das parcelas do financiamento do Fundo de Amparo ao Trabalhador na modalidade para taxistas (FAT Taxista) e que, neste período, não haja cobrança de juros por causa da prorrogação. 


O parlamentar destaca a forte queda no número de corridas realizadas pelos profissionais, que perderam até 95% dos clientes devido à pandemia do coronavírus. Além disso, o deputado lembra que muitos trabalhadores têm mais de 60 anos e estão sem trabalhar por fazerem parte do grupo de risco.


“Houve grande queda na corrida dos taxistas e, consequentemente, no orçamento desses trabalhadores. Muitas famílias não têm renda suficiente sequer para alimentação, higiene e moradia, quanto mais para manter as prestações do financiamento em dia. O Banco do Brasil ofereceu condições especiais de pagamento para empresas, mas nosso pedido é que sejam oferecidas condições mais justas aos taxistas, que também trabalham com a prestação de serviços e são profissionais autônomos”, afirmou Eduardo da Fonte.

Governo de Pernambuco reforça ações sociais e fiscalização durante a Operação Quarentena

Equipes distribuíram cestas básicas e caixas d´água para a população. Pontos de bloqueio foram reforçados com a montagem de 43 barreiras na RMR


No primeiro dia útil de vigência do decreto estadual que determinou a quarentena em cinco cidades da Região Metropolitana do Recife, o Governo de Pernambuco prosseguiu com as ações sociais e educativas. O monitoramento da população e da circulação de veículos foi intensificado. Equipes do Estado fiscalizaram o funcionamento irregular de estabelecimentos comerciais. Os terminais integrados receberam a instalação de lavatórios e reforço nas principais linhas de ônibus. Também houve a testagem de moradores, distribuição de caixas d’água e de cestas básicas às comunidades carentes.


A fiscalização feita pelas forças de segurança aconteceu em 43 pontos localizados no Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, Camaragibe e São Lourenço da Mata, municípios incluídos nas regras mais rígidas de quarentena decretadas pelo Governo de Pernambuco. As equipes orientaram 8.914 pessoas nas cinco cidades. Além disso, abordaram 5.793 veículos em pontos de bloqueio do trânsito. Houve três TCOs instaurados em delegacias de Polícia Civil por descumprimento dos decretos estaduais contra a pandemia.


As equipes fiscalizaram 3.381 estabelecimentos, entre comércios, bares, restaurantes e similares, nos cinco municípios abrangidos. No último

fim de semana, 827 responsáveis por estabelecimentos que funcionavam de maneira irregular fecharam as portas amigavelmente, após orientação de bombeiros militares, policiais militares e órgãos como Vigilância Sanitária e Procon (estaduais e municipais). Apenas sete estabelecimentos tiveram que ser fechados coercitivamente.


PERNAMBUCO SOLIDÁRIO – O Governo do Estado conquistou um aliado de peso para fortalecer as ações de combate à Covid-19. A partir de agora, qualquer cliente da Companhia Energética de Pernambuco (Celpe) – cerca de 3,7 milhões de pessoas, entre físicas e jurídicas – poderão aderir, pela conta de luz, à campanha “Pernambuco Solidário contra o Coronavírus”. As doações devem ter valor máximo de R$ 100 e precisam ser oficializadas pelo site www.pesolidario.com.br.


O programa “Pernambuco Solidário contra o Coronavírus” foi criado no dia 25 de março, numa iniciativa inédita que contempla diversas frentes dentro do Governo do Estado. A meta central é financiar ações de amparo a pessoas em situação de vulnerabilidade, assim como fortalecer o sistema público de saúde com equipamentos de proteção individual, equipamentos hospitalares e outros materiais necessários ao combate à Covid-19. Até o momento, foram arrecadados R$ 3,96 milhões.


Além do Porto Social, a campanha contou com outros colaboradores para ir ao ar. O site oficial www.pesolidario.com.br foi desenvolvido gratuitamente pela empresa Mesa, embarcada no Porto Digital. O parque tecnológico também figurou como importante articulador para que a campanha fosse massificada e chegasse à internet. A Wirecard, especializada em soluções de pagamento, e a Locaweb, empresa brasileira de hospedagem de sites, da mesma forma abraçaram o Pernambuco Solidário e tornaram a campanha uma realidade.


REFORÇO DE LINHAS – O sistema de transporte público recebeu o reforço de 111 ônibus em 15 das mais importantes e movimentadas linhas. Com as medidas da quarentena, o Grande Recife Consórcio registrou uma redução de 25% no fluxo de passageiros nos terminais integrados em relação à semana anterior. Foram registrados 264.659 passageiros, contra 356.277 da semana passada.


INFRAESTRUTURA – Em uma parceria com as secretarias estaduais de Desenvolvimento Urbano e de Infraestrutura e Recursos Hídricos, por meio da Compesa, foram instaladas pias para a higienização das mãos nos terminais integrados da RMR. Serão 129 lavatórios entregues em 22 terminais, com previsão de conclusão até o final deste mês.

Congresso Nacional suspende recesso de julho

O Congresso Nacional não terá recesso parlamentar em julho. A decisão foi tomada nesta segunda-feira (18), após reunião de líderes das bancadas no Parlamento. O entendimento é que o Legislativo não deve suspender suas atividades enquanto durar a pandemia provocada pelo novo coronavírus. A medida contempla proposta apresentada pelo deputado federal Danilo Cabral (PSB) que, na semana passada, apresentou uma proposta de emenda constitucional suspendendo o recesso. 


“Pela gravidade da situação, defendemos a necessidade de continuar desempenhando plenamente suas funções durante todo o mês de julho do corrente ano”, afirma Danilo Cabral. Ele destaca que o Congresso Nacional, desde a decretação do estado de calamidade, intensificou seus trabalhos e assumiu protagonismo na fiscalização, elaboração de propostas e aprovação de leis voltadas ao enfrentamento da pandemia. 


O parlamentar cita como exemplos a análise de temas como a flexibilização de regras para execução orçamentária, transparência dos gastos públicos, concessão de benefícios sociais. “Não há sinalização de que a pandemia possa se arrefecer nas próximas semanas. Há expectativa de o período mais crítico da Covid-19 deve acontecer até julho. Então, temos que cumprir nosso dever e estar a postos para envidar esforços no sentido de minimizar os efeitos desta pandemia”, acrescentou. 


De acordo com a Constituição Federal, o recesso parlamentar de julho deveria ocorrer entre os dias 17 e 31 de julho. Desde o dia 25 de março, as reuniões deliberativas são realizadas em Plenário Virtual, com sistema de votação remota. 

Governo de Pernambuco distribui sementes para agricultores do Agreste e Zona da Mata

O Governo de Pernambuco dá início, na próxima quarta-feira (20), à segunda etapa de distribuição de sementes do programa Campo Novo, beneficiando cerca de 70 mil famílias de agricultores e agricultoras do Agreste e Zona da Mata do Estado. Ao todo, serão entregues cerca de 270 toneladas de sementes de milho, 77 toneladas de feijão e 50 toneladas de sorgo forrageiro, representando um investimento de R$ 2 milhões.


Ao todo, depois de plantadas, as sementes distribuídas devem gerar uma colheita de aproximadamente 17 mil toneladas de milho e 3,2 mil toneladas de feijão e 360 mil toneladas de massa verde (forragem) para alimentação animal. Na primeira etapa do programa, realizada em janeiro, foram entregues aos produtores rurais do Sertão pernambucano 530 toneladas de sementes, sendo 445 toneladas de milho e 85 toneladas de sorgo forrageiro.


De acordo com o secretário de Desenvolvimento Agrário de Pernambuco, Dilson Peixoto, a medida integra um conjunto de ações voltadas à agricultura familiar em Pernambuco. “É importante destacar o esforço feito pelo Governo de Pernambuco para garantir a distribuição dessas sementes, apesar dos desafios impostos pela pandemia mundial da Covid-19”, destaca o secretário.


Além da distribuição de sementes, o Governo de Pernambuco vem desenvolvendo uma série de ações visando garantir o escoamento da produção rural do Estado. Uma dessas iniciativas é o Programa Compra Local, coordenado pela AD Diper, que está destinando R$ 1 milhão para a aquisição de produtos da agricultura familiar para doação à população mais vulnerável. O programa inclui a compra de mercadorias como queijo coalho, leite de cabra, ovos de galinha, ovos de codorna e mel de abelha, além de outros itens hortifrutigranjeiros.


Outra medida voltada ao setor e construída em conjunto como os movimentos sociais foi a criação do Programa Estadual de Aquisição de Alimentos da Agricultura Familiar (PEAAF), instrumento que regulamenta a compra institucional de alimentos e assegura que, pelo menos, 30% das compras governamentais de alimentos tenham como origem a produção da agricultura familiar.


“O Governo do Estado tem feito um grande esforço para garantir a manutenção de emprego e renda no meio rural e para que os homens e mulheres do campo consigam vencer os desafios desse período de pandemia”, destacou Dilson.

ACS-PE solicita pagamentos de diárias atrasadas dos Militares no período do Carnaval

Os ofícios foram encaminhados para o Comandante Geral da PMPE, o Comandante Geral da CBMPE e o Secretário de Defesa Social de Pernambuco.


A Associação de Cabos e Soldados de Pernambuco (ACS-PE), através do presidente Albérisson Carlos, encaminhou nesta segunda-feira (18), ofícios para os Comandos Gerais da PMPE e da CBMPE e para a Secretaria de Defesa Social do Estado de Pernambuco.


Nos ofícios foram manifestados o sentimento de preocupação dos Militares com o atraso do pagamento das diárias no “período momesco” deste ano, no qual, de acordo com o art. 5º, XXI da Constituição Federal, a Associação tem sido procurada por muitos Militares que estão se sentindo preocupados com o recorrente atraso dos pagamentos das diárias todos os anos no período Pré-carnaval e Carnaval.


Com isso, pedindo que se faça cumprir a Lei 40.426/90 em seu 39 que diz: “O pagamento das diárias deverão ser feitos adiantadamente”.


Os ofícios foram encaminhados para o Comandante Geral da CBMPE, Rogério Antônio Coutinho, o Comandante Geral da PMPE, Vanildo Neves de Albuquerque Maranhão Neto e o Secretário de Defesa Social do Estado de Pernambuco, Antônio de Pádua Vieira Cavalcanti. (Do Portal de Prefeitura)

Fernando Filho destina R$ 1 milhão para saúde em Santa Cruz do Capibaribe

O deputado federal Fernando Filho (DEM) revelou no programa A Hora do Povo, transmitido aos sábados pela Rádio Vale FM, que estará encaminhado à Santa Cruz do Capibaribe cerca de 1 milhão de reais para a saúde pública no enfrentamento ao Novo Coronavírus (Covid-19).


“O Governo Federal abriu uma rubrica e nós ficamos autorizados a fazer algumas indicações para os municípios, e digo em primeira mão que estarei destinando mais R$ 1 milhão ao município neste enfrentamento a pandemia”, disse.


O parlamentar, que foi apoiado pelo prefeito Edson Vieira (PSDB) e pela deputada estadual Alessandra Vieira (PSDB), relembrou que já enviou recursos para o município neste ano. “Já contemplamos a saúde da cidade com envio de outras emendas, e esse novo recurso vai desafogar ainda mais. Relembro que também enviei 5 viaturas para a Guarda Civil Municipal que, em breve, estará com estes veículos nas ruas”, pontuou.


“Aqui eu ligo para o deputado e sou atendido, diferentemente de outros que não tem essa disponibilidade. Está aí a diferença de que quando quer se consegue. Vejo outros deputados aí que não enviam nada para ajudar neste momento, e me pergunto será que falta habilidade política ou compromisso com nossa cidade?”, questionou o prefeito.


Edson Vieira afirmou que este novo recurso deverá servir para compra de equipamentos, insumos e medicamentos neste combate à pandemia no município.

Ações de combate a covid-19 são destaques do MCTIC nos 500 dias de governo

O Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) destaca ações realizadas no âmbito dos 500 dias de governo com foco no combate à pandemia de covid-19. O MCTIC tem atuado especialmente no apoio à pesquisa científica, inovação nas empresas que produzem insumos para o enfrentamento da doença e na melhoria e manutenção das estruturas de telecomunicações.


DECRETO SIMPLIFICA LICENCIAMENTO PARA EMISSORAS DE RÁDIO E TV


Cerca de 19 mil estações de rádio e TV com processos no Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) serão beneficiadas pelo Decreto 10.326 da Presidência da República. As mudanças nas regras, publicadas em 27 de abril, simplificam e aceleram o licenciamento de emissoras ao reduzir etapas de análise dos processos e documentos necessários.


As principais alterações previstas no decreto disciplinam a etapa de licenciamento, necessária para que as estações de rádio e TV entrem em operação. Pelo novo ato, a Aprovação de Local e Equipamentos (APL) foi absorvida pela etapa de licenciamento, reduzindo uma fase do processo. Além disso, deixarão de ser exigidos a apresentação pelos radiodifusores de documentos como laudo de vistoria da estação, Anotação de Responsabilidade Técnica e de projeto técnico. Nesse ponto, é importante frisar que é indispensável a atuação de responsável técnico, legalmente constituído pelo representante legal da emissora, para dar andamento ao processo de licenciamento.


TVS PODERÃO USAR MULTIPROGRAMAÇÃO PARA OFERECER CONTEÚDO EDUCATIVO


Em razão da pandemia da covid-19, as emissoras de televisão comerciais e educativas com tecnologia digital poderão utilizar o recurso de multiprogramação para oferecer conteúdo específico para as atividades de educação, ciência, tecnologia, inovações, cidadania e saúde. O Decreto nº 10.312, da Presidência da República, permite a utilização da multiprogramação pelas TVs comerciais e educativas por um período de 12 meses. O uso do recurso deverá ser feito por meio de parcerias das emissoras com a União, estados, Distrito Federal e municípios.


A multiprogramação é um recurso da TV digital que permite a um mesmo canal transmitir programações simultâneas em até quatro faixas de programação. No Sistema Brasileiro de TV Digital esse recurso só é permitido para os canais consignados a órgãos e entidades integrantes dos poderes da União: TV Brasil (EBC), TV Câmara, TV Senado e TV Justiça. O decreto presidencial amplia essa permissão para as todas as emissoras comerciais e educativas do Brasil em razão da pandemia.


COVID-19: REDE CLIMA DO MCTIC ESTUDA IMPACTOS NA SAÚDE E ECONOMIA


A Rede Clima MCTIC, por meio de suas sub-redes Saúde e Economia, está produzindo um estudo sobre os principais impactos do Covid-19 em suas áreas. A intenção é que o resultado dessas pesquisas possa auxiliar na tomada de decisões para políticas públicas. Criada em 2007 para desenvolver pesquisas na área de mudanças climáticas, a Rede foi acionada pela excelência de suas instituições e pesquisadores, além da experiência em modelagem integrada e capacidade de rápida resposta.


A equipe responsável pelo estudo no setor da saúde trabalha desde meados de abril para coletar dados públicos, referentes ao Covid-19. A ideia é estruturar um banco de dados com informações totais por estado brasileiro disponibilizando conteúdo específico por faixa etária, comorbidades por Covid-19, número de leitos disponíveis, testes realizados, número de hospitalizados e óbitos.


O modelo econômico do estudo foi escolhido e agora a equipe está estimando os custos diários para diversos cenários de isolamento. O objetivo do estudo é calcular e mapear os impactos econômicos de medidas de prevenção relacionadas à pandemia do coronavírus. Desta forma, será possível avaliar os setores e regiões do país mais vulneráveis. Isso será importante para avaliar cenários de flexibilização das medidas de controle, tão logo os órgãos da saúde definam a data e os locais que poderão voltar às atividades.


FINEP VAI DESTINAR R$ 600 MILHÕES PARA REFORÇAR PRODUÇÃO DE EQUIPAMENTOS MÉDICOS


A Finep, empresa pública do MCTIC, lançou uma linha de crédito de R$ 600 milhões para aumentar a capacidade industrial brasileira de produção de equipamentos necessários ao combate à pandemia de Covid-19 e reforçar a oferta desses itens.


Os R$ 600 milhões estão divididos em três linhas de crédito: o Crédito para Reconversão Industrial vai apoiar a adaptação de fábricas para a produção de itens necessários ao combate à doença, usando o conhecimento acumulado de engenharia, capacidades das empresas e ativos ociosos. O crédito para Desenvolvimento e Escalonamento de Dispositivos Médicos vai financiar iniciativas para aumentar a oferta nacional de dispositivos de saúde usados em UTIs. Por fim, o Finep Aquisição Inovadora Saúde vai ajudar na aquisição de dispositivos essenciais às instituições de saúde, estimulando a demanda de produtos desenvolvidos por pequenas e médias empresas inovadoras.


Outro anúncio da Finep, uma chamada pública vai destinar R$ 5 milhões em apoio ao desenvolvimento de equipamentos de proteção individual (EPI) e coletiva (EPC) para garantir a proteção de equipes de saúde, pacientes e público em geral. A iniciativa conta com recursos do Fundo Nacional de Desenvolvimento Científico e Tecnológico (FNDCT). A chamada é destinada a empresas de todos os portes.


MCTIC INSTALARÁ 16 MIL PONTOS DE INTERNET NAS UNIDADES DE SAÚDE


Trabalho conjunto do Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC) com o Ministério da Saúde (MS) no enfrentamento da pandemia do Covid-19, A Rede Nacional de Ensino e Pesquisa (RNP), organização social do MCTIC, anunciou uma chamada pública para conectar todas as unidades de saúde do Brasil.


A instalação de pontos de conexão em todas as unidades de saúde foi articulada pela Rede Conectada MCTIC, criada com o objetivo de aprimorar e garantir o funcionamento dos serviços de telecomunicações, radiodifusão e tecnologia da informação durante o período da pandemia. Participam da rede os principais atores desses setores, das esferas pública e privada. São mais de 16 mil unidades de saúde identificadas pelo MS que receberão a conexão. Provedores de internet e operadoras de telefonia se comprometeram a conectar todos os pontos até o fim deste mês.


A RNP opera uma infraestrutura de Internet acadêmica em território nacional e viabiliza assim uma rede de internet com pontos de presença (PoPs) em todos os 26 estados brasileiros e, adicionalmente, no Distrito Federal. Essa capilaridade é o ponto forte para alcance e agilidade na execução da conectividade das equipes de saúde da família que trabalham nas unidades de saúde que serão contempladas.


CTI INICIA A PRODUÇÃO DE 2 MIL MÁSCARAS FACIAIS EM IMPRESSORAS 3D


Para auxiliar a demanda dos hospitais que estão atendendo os casos graves de COVID-19, o Centro da Tecnologia da Informação Renato Archer, instituto vinculado ao Ministério da Ciência, Tecnologia, Inovações e Comunicações (MCTIC), iniciou a impressão de mais de 2000 máscaras de proteção facial. As máscaras, produzidas em poliamida e impressas no processo de Sinterização Seletiva a Laser (SLS), serão doadas para hospitais da região de Campinas (SP).


As máscaras de proteção facial estão sendo confeccionadas a partir de estruturas em PA 12 (poliamida) impressas tridimensionalmente pelo processo de Sinterização Seletiva a Laser (SLS). Após a impressão da estrutura superior da máscara, há a montagem do visor de PVC transparente de 0,5mm.


A impressão das máscaras faciais é uma das ações que o CTI Renato Archer está desenvolvendo para tentar diminuir o impacto do novo coronavírus. Além dessa ação, os pesquisadores do Instituto estão empenhados em atender outras frentes emergenciais, incluindo projetos de pesquisas na área de sensores, robótica, entre outros.


CETEM/MCTIC DOA MATERIAL PARA PRODUÇÃO DE FACE SHIELDS


O Centro de Tecnologia Mineral (CETEM), unidade de pesquisa vinculada do MCTIC, realizou a doação de 7.400 folhas de acetato à Universidade Federal Fluminense, para a produção de protetores faciais (balaclavas), a serem disponibilizados a profissionais de saúde do Rio de Janeiro. O material doado foi recebido pelo professor Márcio Cataldi do Departamento de Engenharia Agrícola e Meio Ambiente da UFF, cuja equipe está trabalhando na confecção dos protetores.


LNCC MCTIC REALIZA SEQUENCIAMENTO DE 19 GENOMAS DO COVID-19


No penúltimo final de semana de março, os pesquisadores do Laboratório Nacional de Computação Científica – LNCC, unidade de pesquisa vinculada ao MCTIC, e a Universidade Federal de Minas Gerais e a Universidade Federal - UFMG do Rio de Janeiro - UFRJ sequenciaram em tempo recorde, em 48 horas, os primeiros 19 genomas do COVID-19 de pacientes dos Estados do Rio de Janeiro, Minas Gerais, Goiás, Rio Grande do Sul e São Paulo, ampliando a cobertura nacional da vigilância genômica viral. Esta iniciativa contou com a parceria de pesquisadores da Univerisdade de Paulo - USP CADDE e da universidade de Oxford na Inglaterra, além de alunos de pós graduação do nosso país.


As amostras foram coletadas de pacientes atendidos pela UFRJ, e laboratórios Hermes Pardini e Símile de Belo Horizonte. O sequenciamento foi realizado no Laboratório de Bioinformática do LNCC localizado na cidade de Petrópolis. O sequenciamento dos genomas analisados demonstrou geneticamente que o SARS-CoV-2 foi introduzido no Brasil oriundo de diversos países europeus além de casos importados da China, em menor número. Além disso, as nossas análises genéticas confirmaram a transmissão local do SARS-CoV-2 dentro do nosso país reforçando a necessidade do isolamento social e testagem como medidas preventivas da transmissão do COVID-19 no Brasil. Este projeto contou com suporte da FAPERJ, FAPEMIG, MCTIC, CADDE e LNCC.


- IBICT/MCTIC LANÇA PLATAFORMA DE INFORMAÇÕES CIENTÍFICAS SOBRE CORONAVÍRUS


O Instituto Brasileiro de Informação em Ciência e Tecnologia – IBICT, unidade de pesquisa vinculada ao MCTIC, acaba de lançar um Diretório de fontes de informação científica de livre acesso sobre o coronavírus. A plataforma reúne ensaios clínicos, teses, dissertações, relatórios, evidências, dentre vários outros materiais nacionais e internacionais. Possibilita, inclusive, a leitura de prints exclusivos sobre a Covid-19.


Sob o lema "Ciência Aberta é Vida", o objetivo é facilitar a troca de informações. “Essa crise é a prova de que o conhecimento científico tem que ser, sempre, amplamente disseminado. Os cientistas devem ter ao seu dispor toda informação, fruto de pesquisas já realizadas pelos seus pares”, resume Bianca Amaro, Coordenadora-Geral de Pesquisa e Manutenção de Produtos Consolidados do Ibict.

Prefeitura do Jaboatão entrega hospital de campanha para tratar pacientes de Covid-19

O hospital de campanha montado pela Prefeitura do Jaboatão dos Guararapes começa a receber pacientes diagnosticados com o novo coronavírus (covid-19), a partir desta segunda-feira (18). A unidade de saúde denominada Centro de Triagem e Tratamento do Coronavírus (CTTC) tem capacidade para 131 leitos de retaguarda e com leitos de estabilização, e está equipado com respiradores, concentradores de oxigênio e equipamentos de ponta para garantir um atendimento humanizado. O CTTC está localizado na Estrada da Batalha, 1.200, em Prazeres, e tem equipe formada por médicos, enfermeiros, técnicos em enfermagem, fisioterapeutas, entre outros profissionais. O encaminhamento dos pacientes se dará através da Central de Regulação do município.


Neste domingo, o prefeito Anderson Ferreira fez a última vistoria na obra para que a unidade entre em funcionamento. “Desde o início da pandemia, realizamos várias ações no enfrentamento da Covid-19, entre as quais a estruturação da UPA municipal e leitos de UTI nos hospitais conveniados com a Prefeitura. Esse hospital de campanha vem somar com o que já disponibilizamos para garantir o melhor tratamento aos pacientes. Diferentemente de outros hospitais de campanha, o CTTC tem uma estrutura dividida por enfermarias, onde haverá menos pacientes próximos uns dos outros. Dessa forma poderá ser feito acompanhamento médico mais minucioso.

 

Haverá também uma sala de videoconferência para que a família possa estar mais próxima do paciente. Tudo isso preparamos para que pacientes e familiares se sintam acolhidos e possam atravessar esse momento com segurança e no tempo mais curto possível”, explicou.

Pessoas que apresentarem algum sintoma relacionado ao vírus deverão procurar uma unidade de saúde do município para serem encaminhadas para triagem, através do sistema de regulação. Havendo constatação de que pode ser Covid-19, a internação será feita de imediato no próprio CTTC, onde serão realizados os cuidados iniciais.


Havendo necessidade de transferência do paciente para uma Unidade de Terapia Intensiva (UTI), será feito encaminhamento aos hospitais conveniados ao município. O CTTC também acolherá pacientes que receberem alta da UTI, mas que ainda não podem voltar para casa.

No primeiro dia de quarentena mais rígida, Pernambuco atinge maior índice de isolamento social do País

Média geral do Estado ficou em 53,8%, e nos municípios abrangidos pelo decreto, índice médio de isolamento chegou a 60%


Pernambuco atingiu o maior índice de isolamento social do Brasil no último sábado (16), primeiro dia da quarentena decretada nos municípios do Recife, Olinda, Jaboatão dos Guararapes, São Lourenço da Mata e Camaragibe. Em média, 53,8% da população do Estado permaneceu em casa no sábado. Segundo georreferenciamento feito pela Inloco – empresa com escritórios no Brasil e nos EUA – nas primeiras 24 horas de vigência do decreto de intensificação do isolamento social, nas cinco cidades submetidas a regras mais rígidas de controle de circulação, o índice médio de isolamento atingiu 60%, um percentual bem superior aos 48% registrados no sábado anterior (09).


O levantamento da Inloco revelou que o isolamento em Pernambuco ficou acima do Ceará (52,7%), Amapá (52,7%) e Pará (51%), quatro únicos estados brasileiros a superar os 50% de distanciamento social. Entre as cidades, o maior destaque ficou com o Recife, que atingiu 62,1% de isolamento no índice levantado pela InLoco. Foi o maior percentual entre as capitais brasileiras. Olinda registrou 61%, Camaragibe 59% e Jaboatão e São Lourenço da Mata atingiram 58% no total de pessoas em casa neste sábado.


"Quero agradecer à população pernambucana que está consciente da importância do isolamento social no enfrentamento da Covid-19. São números animadores que mostram que temos condições de chegar ao índice ideal, que é de 70% da população em casa, para frear a aceleração da doença”, afirmou o governador Paulo Câmara, que na manhã deste domingo (17) comandou uma reunião por videoconferência com todo o secretariado estadual para avaliar os resultados do primeiro dia da Operação Quarentena.


O governador reiterou que ainda há 14 dias pela frente nesse esforço da quarentena, e que sair de casa, só para uma compra essencial, ou para atendimento médico. “Quanto menos contato com outras pessoas, menor a possibilidade de se contrair o novo coronavírus ou de contaminar os outros, caso você esteja doente", reforçou Paulo Câmara, em pronunciamento à população nas redes sociais.


AÇÕES NAS RUAS – Neste período da Operação Quarentena, a Secretaria de Políticas de Prevenção à Violência e às Drogas manterá, diariamente, ações nos Pontos de Cuidado, voltados para o atendimento à população em situação de rua no Recife, Jaboatão dos Guararapes, Olinda e Paulista, realizando em média 720 atendimentos por dia. Os pontos servem ainda para pesquisar informações sobre sintomas da doença nessa faixa da população, além de repassar a ela instruções sobre as medidas de prevenção em linguagem adequada, considerando os hábitos da população.


A secretaria também promove a distribuição de quentinhas, totalizando mil almoços e mil jantares, todos os dias, garantindo segurança alimentar e equilíbrio nutricional com o padrão de qualidade das cozinhas do Senac. A logística é do Governo de Pernambuco, com o apoio de mais de 40 coletivos e instituições de atendimento à população em situação de rua para a distribuição dos alimentos no Grande Recife.


FISCALIZAÇÃO AMPLIADA - Nas 24 horas do sábado, foram montados 35 pontos de blitzes para fiscalizar o fluxo de veículos nas cinco cidades da RMR. Ao todo, 1.728 veículos foram abordados nos pontos de bloqueio. A Operação Quarentena, que envolve um efetivo de mil profissionais da segurança, também atuou nas fiscalizações a pedestres e estabelecimentos sem autorização para funcionar. Houve abordagens a 2.794 pessoas que circulavam nas cinco cidades e foram orientadas a retornar para suas casas. Foram fechados 749 estabelecimentos, entre lojas, restaurantes, bares e outros.


“Estamos observando o aumento da colaboração da sociedade no isolamento. Isso vem sendo visto na prática em locais que antes tinham grande movimentação, e também está sendo aferido por meio do georreferenciamento. Nas blitzes, a população tem colaborado com o rodízio, apresentado documentos e retornando quando é orientada. Nosso efetivo vem recebendo bastante apoio e incentivo, é importante ressaltar”, afirmou o secretário de Defesa Social, Antonio de Pádua, acrescentando que neste domingo (17) a SDS ampliou para 43 o número de pontos de bloqueio de veículos e reforçou ações de fiscalização de medidas sanitárias.