AVANÇO NA INCLUSÃO: Prefeitura implanta serviços de saúde direcionados para pessoas com autismo

Publicado por Alberes Xavier em 04/08/2021 às 10:19


Atendimentos acontecem na UBS do Acauã, que terá horário de funcionamento ampliado para suprir a demanda da população.


A Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, através da Secretaria de Saúde, implantou nesta quarta-feira (4) uma série de novos atendimentos direcionados para pessoas com transtorno do espectro autista (TEA). O público tem à disposição fonoaudiólogo, psicólogo, fisioterapeuta e nutricionista.


Os responsáveis podem se dirigir diretamente à Unidade Básica de Saúde do loteamento Acauã para realizar o agendamento. É necessário apresentar documento de identificação próprio e do paciente com autismo, cartão do SUS, comprovante de residência e encaminhamento médico. 


Para suprir a demanda, a UBS terá seu horário de atendimento ampliado, funcionando de segunda-feira a sexta-feira, das 07h às 16h. A unidade fica localizada na Rua Maurício Lopes da Silva, no loteamento Acauã.


O transtorno do espectro autista trata-se de uma série de condições caracterizadas pelo comprometimento no comportamento social e na comunicação, e por uma gama estreita de interesses e atividades que são únicas para o indivíduo e realizadas de forma repetitiva. Embora algumas pessoas com transtorno do espectro autista possam viver de forma independente, outras necessitam de cuidados e apoio ao longo da vida. Visando essa necessidade, a prefeitura também deu início a idealização do Centro do Autista para ampliar os serviços para esse público na rede municipal de Saúde.

Toritama consegue verba de R$ 1 milhão através do Senador Fernando Bezerra Coelho

Publicado por Alberes Xavier em 04/08/2021 às 08:06



O Prefeito de Toritama, Edilson Tavares se reuniu com o Senador Fernando Bezerra Coelho, na tarde da terça-feira (03/08), em Brasília. O Senador anunciou a liberação de R$ 1.000.000,00. A verba será destinada para custear as despesas da saúde municipal. A Secretária de Assistência Social, Elaine Tavares e o Chefe de Gabinete, Sergio Colin estiveram presentes na audiência.        


“É com alegria que recebo em meu gabinete o Prefeito, Edilson Tavares que veio à Brasília, a trabalho em busca de recursos para investir nessa importante cidade que é Toritama”, disse o Senador Fernando Bezerra Coelho.


“Viemos a trabalho e também para agradecer ao Senador Fernando Bezerra Coelho, que todos os anos têm destinado recursos que são importantíssimos para vencermos os desafios que estão postos”, agradeceu o Prefeito Edilson Tavares.


Esta semana, o Prefeito Edilson Tavares está cumprindo uma série de compromissos em Brasília junto as autoridades federais.

Após encontro na ACS, presidente da Alepe solicita desconto na compra de armas para profissionais de segurança pública

Publicado por Alberes Xavier em 04/08/2021 às 07:58



Após visita a Associação Pernambucana dos Cabos e Soldados, na última sexta-feira, 30 de julho, o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, deputado Eriberto Medeiros (PP), fez uma solicitação ao secretário da Fazenda, Décio Padilha, para que seja feito um apelo no CONFAZ (Conselho Nacional de Política Fazendária) no sentido de dar isenção de ICMS na compra de armas de fogo e equipamentos para profissionais das forças de segurança pública (Polícia Militar, Polícia Civil, Bombeiro Militar, Polícia Penal e Guarda Municipal).


De acordo com o deputado Eriberto Medeiros, os profissionais da segurança pública necessitam garantir sua proteção pessoal nos dias de folga.


“Os policiais arriscam suas vidas, muitas vezes, combatendo criminosos que podem atentar contra sua própria integridade física ou de sua família. No trabalho eles têm os equipamentos das forças de segurança, mas na folga, eles continuam sendo homens e mulheres da lei e precisam tirar do próprio bolso, para se proteger dos criminosos”, relatou o deputado.


O Presidente da ACS-PE, Albérisson Carlos, ressaltou a importância da iniciativa, que é fruto do dialogo da Associação com as mais diversas instituições públicas, principalmente após encontro na ACS com o presidente da Alepe.


“Reconhecemos esse passo tão importante para os profissionais de segurança pública, que precisam adquirir sua própria arma e assim conseguir preservar sua vida e da família fora do trabalho. A Associação tem defendido pautas como a isenção de impostos na compra de armas e equipamentos para estes profissionais”, disse Albérisson Carlos.


Com essa medida, os operadores de segurança pública, que já são capacitados para utilizar armas de fogo, teriam melhores condições para adquirir esses equipamentos.


“Não é justo que, nos dias de suas jornadas de trabalho estejam equipados para defender a sociedade, mas nos dias de folga estejam desarmados para defender sua própria vida, sua família e porque não dizer a própria sociedade pernambucana”, argumentou Eriberto.

CPI da Pandemia: Renan e Randolfe defendem convocação de Braga Netto

Publicado por Alberes Xavier em 04/08/2021 às 07:27



O relator da CPI da Pandemia, senador Renan Calheiros (MDB-AL), defendeu que o ministro da Defesa, general Walter Braga Netto, compareça à comissão. Segundo Renan, o depoimento de Braga Netto seria importante pelo papel que ele exerceu como chefe da Casa Civil “no momento mais grave da pandemia”, no final de março — quando o Brasil chegou a quase 4 mil mortos por covid-19 ao dia. Renan disse que a CPI tem o compromisso de investigar com responsabilidade e, para isso, é preciso ouvir o ministro.


— Não investigamos instituições ou pessoas, mas investigamos os fatos e apenas os fatos — pontuou Renan.   


O vice-presidente da CPI, senador Randolfe Rodrigues (Rede-AP), também é favorável ao depoimento de Braga Netto. Para o senador, já existem elementos para a sua convocação. Randolfe disse que CPI ainda vai analisar o momento mais adequado para a convocação do ministro. Ele reconheceu que são graves as denúncias de que Braga Netto comandou espionagens ilegais contra senadores, mas apontou que este não é o objeto da CPI.


O senador Alessandro Vieira (Cidadania-SE) reapresentou à CPI da Pandemia um requerimento para a convocação do ministro Braga Netto. Um pedido anterior estava na pauta da reunião desta terça-feira (3), mas foi retirado após críticas de integrantes da comissão. Quando chefiava a Casa Civil, o general teria convocado um encontro em que se discutiu a edição de um decreto presidencial para mudar a bula da cloroquina e incluir a prescrição para a covid-19.


Renan e Randolfe também cobraram a presença do empresário Francisco Emerson Maximiano na CPI. Empresário, sócio da Precisa Medicamentos, ele ganhou no Supremo Tribunal Federal (STF) o direito de ficar calado e acabou tendo seu depoimento adiado pela CPI. Randolfe classificou a viagem de Maximiano à Índia como uma forma de obstruir as investigações da comissão.  


Relatório e cautela


Renan afirmou que a CPI vem avançando e aprofundando nas investigações, buscando dar as respostas que a sociedade cobra. Ele informou que o relatório final começa a ser alinhavado, mas ponderou que “nada será fechado preliminarmente, pois a cada momento acontece algo novo”. Segundo Renan, o relatório vai buscar esclarecer “tudo o que aconteceu nessa negociata infame que dificultou a aquisição de vacinas”. Ele disse que, apesar das ofertas de empresas de prestígio, o governo preferiu negociar vacinas com empresas e intermediários obscuros.


— Vamos continuar aprofundando. A expectativa que temos é de não usar os 90 dias. Vamos trabalhar para antecipar a apresentação do relatório final — declarou Renan.


O presidente da CPI, senador Omar Aziz (PSD-AM), defendeu cautela nas investigações. Ele ressaltou que a CPI está focada em trazer resultados com fatos concretos, para que não ocorra nenhuma forma de injustiça. Na mesma linha de Renan, o senador Aziz disse que CPI não trabalha com interesses pessoais.


— Não investigamos nomes, investigamos fatos. Precisamos ter muita cautela em relação aos nomes — afirmou Aziz.


Marcelo Blanco


Na visão do senador Marcos Rogério (DEM-RO), o depoimento de Marcelo Blanco é importante por ser um dos personagens que estava na conversa em que houve o suposto pedido de propina de US$ 1 por dose de vacina. O senador fez questão de destacar que entende que esse pedido de propina nada tem a ver com o Ministério da Saúde ou com o governo federal.


O depoimento do tenente-coronel da reserva Marcelo Blanco da Costa está marcado para esta quarta-feira (4), a partir das 9h. Ele foi assessor e ex-diretor-substituto do Departamento de Logística do Ministério da Saúde. Exonerado no último mês de janeiro, Blanco também teria participado do jantar quando houve pedido de propina ao Ministério da Saúde em uma negociação de compra de vacinas contra a covid-19.


Para o senador Humberto Costa (PT-PE), o depoimento de Marcelo Blanco é importante por se tratar de “um caso grave, de corrupção passiva, que não deixa de ser considerado crime por não ter sido concretizado”. Rogério Carvalho (PT-SE) disse esperar que Marcelo Blanco esclareça o que de fato aconteceu e quem esteve envolvido em possíveis ganhos indevidos.


Requerimentos


Marcos Rogério voltou a criticar a condução dos trabalhos da CPI. Segundo o senador, a comissão vem agindo com “arbitrariedade e cometendo abusos” que poderão gerar muito prejuízos. Ele reclamou que os mais de 100 requerimentos aprovados nesta terça foram votados sem clareza sobre o tipo de sigilo que deveria ser quebrado.


O senador Eduardo Girão (Podemos-CE) voltou a cobrar a convocação de representantes do Consórcio Nordeste e reclamou do que chamou de vazamentos de dados sigilosos. Ele disse que os requerimentos podem transformar a CPI em um instrumento político, “com ânsia de ódio”. (Fonte: Agência Senado)

Lira espera votar reforma administrativa até o final de agosto

Publicado por Alberes Xavier em 04/08/2021 às 07:26


Presidente da Câmara voltou a dizer que a proposta não vai atacar direitos adquiridos


O presidente da Câmara dos Deputados, Arthur Lira (PP-AL), disse nesta terça-feira (3) que espera votar a reforma administrativa (PEC 32/20) no Plenário da Casa até o final de agosto. Segundo ele, o texto vem sendo debatido de forma transparente com todos os parlamentares.


Lira lembrou que, no mês passado, a Câmara aprovou a proposta que limita os chamados supersalários como um pré-requisito para dar prosseguimento à aprovação da reforma administrativa.


O presidente da Câmara voltou a dizer que a proposta não vai atacar direitos adquiridos. “A reforma visa dar uma melhor condição de serviços do Estado e torná-lo mais leve e previsível, e que os investidores nacionais e internacionais saibam que os gastos serão contidos e vamos analisar os serviços, não o servidor. Não vamos atacar qualquer direito adquirido", garantiu o presidente, afirmando que as mudanças trarão "um Estado mais ágil com regras mais modernas”.


Lira destacou ainda que, apesar de o calendário da reforma ser curto, em razão das eleições no ano que vem, a proposta pode ser aprovada até novembro pelas duas Casas do Legislativo. Segundo ele, depois de novembro, o Congresso vai discutir o Orçamento e entrar em recesso no fim do ano e, quando retornar, vai encontrar um País polarizado em razão da disputa eleitoral.


“Temos a obrigação de entregar as matérias estruturantes para o País até novembro, e depois com Orçamento, recesso, eleição, fica complicado, pois os interesses políticos se sobressairão”, ressaltou.


Judiciário

O presidente foi questionado ainda sobre a inclusão do Judiciário na reforma administrativa. Segundo Lira, é preciso que o Poder Judiciário encaminhe sua proposta para não correr o risco de extrapolar limites constitucionais. Arthur Lira disse ainda que, embora o lobby das categorias do funcionalismo público seja forte, “não é mais forte do que os fatos”.


Para o relator, Arthur Oliveira Maia (DEM-BA), negar a necessidade da reforma é negar que tenha havido mudanças tecnológicas na administração pública e desconhecer que a população não aprova os serviços públicos prestados a ela. Ele ressaltou que a estabilidade dos atuais servidores vai ser tratada de forma responsável pela comissão.


“Não queremos punir ninguém, mas podemos fazer uma equiparação entre o trabalho do serviço público e do serviço privado. Não há por que alguns terem direito de viver no mundo da fantasia e outros em outro mundo”, disse.


O presidente da CNI, Robson Andrade, ressaltou a importância da reforma administrativa para sinalizar para os investidores que o País vai avançar na eficiência dos serviços públicos e do equilíbrio fiscal, sobretudo, com um Congresso reformista.


“Precisamos adequar o Brasil às condições de outros países membros da OCDE, que são países que têm um sistema administrativo muito bem estruturado, com custos adequados e o retorno dos serviços para população”, disse Andrade.


O representante do Ministério da Economia Caio Paes de Andrade disse que a administração pública precisa da prerrogativa de avaliar os servidores e valorizar o bom funcionário. Segundo ele, atualmente, o servidor público tem uma avaliação mal feita e superficial.


“Hoje, cada servidor representa um compromisso financeiro para o contribuinte que dura 59 anos (serviço, aposentadoria e pensão). Passou no concurso público, 59 anos estável. Isso faz sentido?”, questionou Andrade. (Fonte: Agência Câmara de Notícias)

Rede Pernambuco de Rádios - Panorama político com o publicitário, historiador e escritor José Nivaldo Júnior.

Publicado por Alberes Xavier em 04/08/2021 às 07:19



As brigas internas no PSDB prejudicaram a manutenção da sigla no cargo de principal de protagonista no executivo nacional. Os oito anos de governo do presidente Fernando Henrique Cardoso trouxeram importantes avanços para o país como, por exemplo, a estabilidade da economia. As medidas adotadas naquele período permitiram que a vida do povo brasileiro fosse impactada positivamente até hoje.


Segundo o historiador José Nivaldo Júnior, o PSDB não soube utilizar essas conquistas politicamente, e acabou se tornando um partido sulista. Esse partido completará 30 anos governando o maior Estado do Brasil, São Paulo. Além disso, tal partido não fala a língua do povo, não fala a língua do povo nordestino, assim essa seria uma das maiores dificuldades para João Dória, que possui um perfil empresarial e tem uma ligação muito forte com o empresariado, e de acordo com o comentarista, ele “tem cara de almofadinha, fala com almofadinha, mas não é almofadinha”.


Desse modo, para conquistar a vaga de candidato nas eleições em 2022, João Dória terá que enfrentar uma disputa interna entre os aliados no partido e contra si mesmo, terá que vencer as resistências na sigla e segundamente deverá conseguir se identificar com as outras regiões do país, se tornar mais conhecido, falar a língua do povo, alçando os dois objetivos ele poderá ser um candidato forte e bem competitivo.

Em Brasília, Márcia Conrado busca recursos para creches dos bairros Universitário e Cohab em audiência no FNDE

Publicado por Alberes Xavier em 04/08/2021 às 06:50


Em busca de mais investimentos para Serra Talhada, a prefeita Márcia Conrado cumpre agenda em Brasília esta semana.


Nesta terça-feira (03/08), a prefeita participou de uma audiência no Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação – FNDE, ao lado do presidente do FNDE, Marcelo Ponte; do deputado federal Fernando Monteiro; e do prefeito de Afrânio, Rafael Cavalcanti.


A audiência teve como objetivo o destravamento das novas parcelas de pagamento das obras de construção das creches dos bairros Universitário e Cohab, além de discutir o projeto de construção de mais uma escola padrão MEC no município.


“Não é de hoje que nossa educação é referência, e estamos indo atrás de melhorá-la cada vez mais, oferecendo para nossas crianças e jovens um ensino de qualidade com a melhor estrutura, e através do deputado Fernando Monteiro, participei da audiência para destravar as novas parcelas de pagamento para as obras de duas creches nos bairros Universitário e Cohab, e também agilizar o projeto para a escola de treze salas”, pontuou a prefeita Márcia Conrado.

Políticos Pernambucanos lamentam a morte de Joaquim Francisco

Publicado por Alberes Xavier em 04/08/2021 às 06:14



Dr. Joaquim, o Senhor faz parte do clube dos poucos homens públicos que não macularam os princípios republicanos e familiares. Passou pelo Executivo, Legislativo e Judiciário sempre protagonizando o debate. Tive a honra de desfrutar de sua amizade e conselhos. O turismo brasileiro agradece o seu empenho e idéias durante a Transação governamental, que nortearam as mais importantes decisões. Exemplo de Patriarca zeloso por todos os seus.


Agora o senhor está com nosso Pai.


Ministro do Turismo Gilson Machado Neto


Foi uma grande perda para mim a morte de Joaquim Francisco. Ele era um amigo e correligionário possuidor de qualidades especiais como inteligência, coragem e determinação voltadas para o bem público. Por isso mesmo, quando eleito Governador de Pernambuco o convidei e o nomeei para o cargo de Prefeito do Recife, cargo que era então o mais importante dentre os que me cabia preencher após a posse.


Roberto Magalhães

Ex-governador


É com pesar que recebo a notícia da morte do ex-governador Joaquim Francisco, com quem tive a honra de conviver. Joaquim além de político leal e competente, que marcou história, era um ser humano íntegro. Pernambuco e o Brasil perdem uma grande referência.


João Lyra Neto

Ex-governador de Pernambuco


Foi com muito pesar recebei a notícia nesta terça do falecimento do ex-governador Joaquim Francisco. Joaquim foi um homem de muitas conquistas e com uma trajetória marcada por muito trabalho e dedicação. Foi Prefeito do Recife, Governador de Pernambuco, Deputado Federal e Ministro de Estado, sempre com elevado espírito público. Mesmo militando em campos diferentes, tínhamos apreço e respeito mútuo. Sempre o identifiquei como um homem de bem, justo, trabalhador, correto e muito preparado. O ambiente político e social perde com o seu desaparecimento. À sua esposa Silvia, suas filhas e demais familiares e amigos deixo meus sinceros sentimentos.


JARBAS VASCONCELOS

SENADOR DA REPÚBLICA POR PERNAMBUCO


Pernambuco perdeu hoje um dos seus mais ilustres filhos. Foi com muita tristeza que recebi a notícia do falecimento do ex-governador Joaquim Francisco. Homem público que honrava a política, Joaquim deixou a sua marca de seriedade e competência no trato da coisa pública por onde passou, quer seja na Prefeitura do Recife, Governo de Pernambuco, como ministro ou na Câmara de Deputados. Que Deus console a sua esposa Silvia, filhas e familiares.

 

André Ferreira, deputado federal e presidente estadual do PSC

 

A partida do ex-governador Joaquim Francisco deixa uma imensa lacuna na política pernambucana. Prefeito, ministro, governador, deputado federal, em todos os cargos pelos quais passou deixou marcas de trabalho e excelência. Que a sua esposa Sílvia, filhas e demais familiares encontrem conforto e força em Deus.

 

Manoel Ferreira, deputado estadual pelo PSC


Com profundo pesar, recebo a notícia do falecimento do ex-governador Joaquim Francisco. De perfil conciliador, foi um exemplo de homem público e uma grande referência política para Pernambuco. Com a trajetória marcada pela correção e a ética, Joaquim Francisco estava à frente de todos os debates sobre a política de Pernambuco. Deixa como legado relevantes serviços prestados ao nosso Estado como prefeito do Recife, governador, ministro de Estado e deputado federal. Minha solidariedade aos familiares e amigos.


Fernando Bezerra Coelho


Pernambuco perde mais um grande nome de sua história. O ex-governador Joaquim Francisco nos deixa com uma biografia honrada e enormes serviços prestados pela sua gente. 


Prefeito do Recife, deputado federal e ministro de Estado, dentre inúmeras contribuições, Joaquim Francisco foi peça decisiva na construção da Lei de Responsabilidade Fiscal. Como prefeito e governador deixou incontáveis obras. Mas acima disso tudo, sua principal virtude foi a dedicação permanente por um Brasil justo. 


Expresso aqui minhas condolências a todos os familiares e amigos do governador Joaquim Francisco. 


Miguel Coelho - prefeito de Petrolina


A capacidade de dialogar sempre foi uma das marcas do ex-governador Joaquim Francisco, que faleceu hoje. Uma vida dedicada a Pernambuco e a política, que ele sempre dizia fazer parte do ar que respirava. E fazia. Com um humor peculiar e uma curiosidade grande sobre tudo, era mestre na arte de conversar, fosse qual fosse o tema. Em sua trajetória ocupou dezenas de cargos no Executivo (municipal, estadual e federal) e no Legislativo (estadual e federal). Foi prefeito do Recife por duas vezes, governador de Pernambuco, deputado federal e ministro do Interior. Toda minha solidariedade à família.


Marília Arraes

Deputada Federal


Pernambuco e a política perdem um homem público íntegro, inovador, ousado, de posições firmes e que deixou sua marca na história de Pernambuco como prefeito do Recife, como governador, como deputado federal e como ministro. Nós do Democratas, perdemos um amigo querido, com quem tivemos o privilégio de compartilhar, como correligionários, parte de sua trajetória como homem público. 


Nós do Democratas abraçamos dona Silvia, as filhas, Fernanda, Luciana e Cristiana, os cinco netos, familiares e amigos. 


Mendonça Filho


Foi com grande pesar que recebi a triste notícia do falecimento do ex-governador Joaquim Francisco. Pernambuco perde, hoje, mais uma de suas importantes lideranças políticas. Um homem público ético, conhecedor dos problemas do nosso Estado, comprometido com o desenvolvimento do seu povo e com uma folha ampla de serviços prestados aos pernambucanos. O mesmo entusiasmo apresentava para defender os interesses dos brasileiros assim como o fez no papel importante que exerceu no período de redemocratização do Brasil como deputado federal constituinte. O diálogo e o debate de ideias sempre foram seus principais instrumentos em toda a sua atuação pública. É mais uma voz forte que nos fará falta. Na memória ficarão guardadas a admiração e a inspiração de trabalhar pelo nosso povo.


A familiares e amigos, os meus sinceros sentimentos!


Deputado Antonio Coelho

Líder da Oposição na Assembleia Legislativa de Pernambuco


Uma imensa lacuna foi deixada na política nacional. Foi com um grande pesar que recebi a notícia do falecimento de um expoente da política não só pernambucana, mas nacional. Joaquim Francisco era um homem de posições firmes e de um coração imenso. Recentemente tive uma maior aproximação quando passou a integrar o PSDB. Uma figura pública exemplar que passou por quase todas esferas da política, sempre mantendo seu espírito republicano.


Agora fica para a história o seu legado e sua memória será eternizada através de suas ações aqui na terra.


Quero me irmanar a todos que sentem sua partida e que o nosso senhor o receba em sua morada eterna.


Edson Vieira

Ex-prefeito de Santa Cruz do Capibaribe


Hoje Pernambuco perdeu uma importante liderança política. O ex-governador Joaquim Francisco deixa um legado marcado pela seriedade com a gestão pública e compromisso com o povo pernambucano. Joaquim Francisco teve essas características em todas as suas atribuições, sendo prefeito do Recife, deputado federal, ministro e governador. 


Durante seis anos, o PSB teve a honra de ter Joaquim como filiado. À sua esposa Silvia, suas filhas e amigos, nosso voto de pesar. 


Sileno Guedes

Presidente estadual do PSB


Pernambuco se despede, hoje, de uma das grandes referências da sua história política. Recebemos, com muita tristeza, a notícia da morte do ex-governador Joaquim Francisco, um homem devotado à missão de ajudar Pernambuco com seu conhecimento, com a sua garra e sua liderança.


Admirava sua disposição de compartilhar a vasta experiência, preocupado em colaborar com o desenvolvimento do nosso Estado. Sentiremos falta da sua postura séria e respeitável. 


A Assembleia Legislativa de Pernambuco está de luto pelo seu falecimento. Transmito meus sentimentos aos seus familiares e amigos, rogando a Deus que ele possa descansar em paz.


Deputado Eriberto Medeiros

Presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco


Nos deixou, hoje, o ex-governador Joaquim Francisco. 


Joaquim foi um homem que honrou a atividade política em todos os cargos públicos que ocupou. 


Teve uma trajetória vitoriosa e prestou relevantes serviços ao Recife, como seu prefeito em duas ocasiões, ao estado de Pernambuco, na condição de governador, e ao Brasil, como deputado e ministro. 


No exercício do mandato parlamentar, foi relator da Lei de Responsabilidade Fiscal, determinante para o equilíbrio das contas públicas do país e para a recuperação da confiança naquele período de reconstrução da nossa economia. 


Deixa uma enorme lacuna na vida pública de Pernambuco e do Brasil. 


Transmitimos nosso profundo sentimento de pesar à sua família e aos seus muitos amigos.


RAUL HENRY 

Presidente do MDB de Pernambuco


Com muita tristeza recebi a notícia do falecimento do ex-governador Joaquim Francisco. Pernambuco perde hoje um grande homem público. Recentemente, na Câmara dos Deputados, fui autor de um Voto de Louvor, em sua homenagem, na celebração dos seus 73 anos. Infelizmente a pandemia não nos deixou celebrar essa homenagem presencialmente. 


A trajetória de Joaquim se confunde com a história política de Pernambuco. Prefeito, deputado federal, ministro, governador… a nossa história carrega o DNA e o trabalho de Joaquim Francisco. Esse legado será eterno. Meus sentimentos aos amigos e familiares. Que Deus conforte o coração de todos. 


Ricardo Teobaldo 

Deputado Federal e Presidente do Podemos


"Pernambuco perdeu hoje um de seus grandes líderes, o ex-governador, deputado e prefeito do Recife Joaquim Francisco. Em meu nome e de todos que fazem o PSDB, seu último partido político, o nosso reconhecimento a esse grande homem público por toda uma vida dedicada a Pernambuco e a defesa dos ideais democráticos. A sua família e inúmeros amigos, a nossa solidariedade neste momento de despedida”.


Raquel Lyra, prefeita de Caruaru e presidente do PSDB em Pernambuco.



O Partido Progressistas de Pernambuco lamenta profundamente a morte de Joaquim Francisco, ex-governador de Pernambuco. Grande nome da política brasileira, Joaquim também foi prefeito do Recife, deputado federal e deixa grandes ensinamentos.


Nosso sentimento de pesar aos familiares, especialmente a esposa e filhos. Que Deus conforte o coração de todos!


Eduardo da Fonte

Presidente do Partido Progressistas/Pernambuco


Recebi com profunda tristeza a notícia do falecimento do ex-governador Joaquim Francisco. Tive a honra de começar a minha vida pública como seu oficial de gabinete no governo de Pernambuco. Conciliador, firme, homem de palavra. Nunca abriu mão de seus princípios. Governador, prefeito do Recife, ministro de Estado, deputado federal. Honrou como poucos a tradição pernambucana. Exemplo de homem público, fará muita falta. Hoje perdi um amigo, um conselheiro. Meus sentimentos a sua esposa, Silvia, às filhas e netos e a todos os milhares de amigos e admiradores que Joaquim cultivou ao longo dos anos. 


Bruno Araújo 

Presidente Nacional do PSDB


Pernambuco perdeu um dos seus filhos mais ilustres. O ex-governador Joaquim Francisco foi um homem de diálogo e extremamente dedicado à sua terra e ao seu povo. Ingressou cedo no serviço público chegando até o cargo de procurador. Joaquim também tinha a política no sangue. Foi secretário estadual, deputado federal por sucessivos mandatos, ministro do Interior e prefeito do Recife em duas ocasiões. E teve a honra de governar seu Estado, no período de 1991 até 1994. Estamos decretando luto oficial em Pernambuco por sete dias em sua memória, e queremos manifestar nossa solidariedade, neste momento de profunda tristeza, aos seus familiares e amigos. Em especial à sua esposa Sílvia, suas filhas e genros, e ao seu sobrinho José Neto, nosso secretário da Casa Civil.


Paulo Câmara

Governador de Pernambuco


Registramos com profundo e sincero pesar o falecimento do ex-governador Joaquim Francisco. 


Joaquim faz parte de uma estirpe política que traz as marcas do compromisso intransigente com os valores morais mais caros de Pernambuco. Sério, decente, correto, leal, probo, esse era Joaquim.


Teve a oportunidade de, como homem público que ocupou diversos cargos, através dos seus gestos e atitudes, sempre expressar o espírito altivo e o irredentismo de Pernambuco. No momento tão desafiador que vivemos, o legado de Joaquim servirá de farol para nosso País, nosso Estado e nossa gente.


Em nome de sua mulher Silvia e seus filhos, e do fraterno amigo secretário da Casa Civil, José Francisco Neto, prestamos nossa solidariedade à família. Que Deus o guarde em merecido lugar e conforte toda a família.


DANILO CABRAL - Deputado Federal


Lamento profundamente a morte do ex-governador Joaquim Francisco, que também exerceu o mandato de prefeito do Recife, deputado federal e ministro. Um homem inteligente, que prezou pela boa política, pelo diálogo e, acima de tudo, sempre trabalhou em defesa dos interesses de Pernambuco. Nesse momento de dor, em nome da ex-primeira-dama Drª Silvia Cavalcanti, me solidarizo com todos os familiares e amigos que ele construiu ao longo da vida pública. 


Silvio Costa Filho 

Deputado federal e presidente do Republicanos/PE


Pernambuco perde a referência e a liderança de Joaquim Francisco. Em todas as funções públicas que desempenhou, Joaquim deixou como marca maior o amor pelo nosso estado. Foi deputado constituinte, ministro, prefeito do Recife e governador do estado se pautando pela ética e transparência em todas as funções que exerceu. Homem público de posicionamento firme, Joaquim sempre será lembrado pelos enormes serviços prestados ao estado de Pernambuco. Os nossos mais sinceros sentimentos de pesar aos amigos e familiares. 


Wanderson Florêncio 

Deputado Estadual


“Perdemos hoje um grande homem público. O ex-governador Joaquim Francisco fez sua trajetória na política sempre representando os pernambucanos com firmeza e capacidade de diálogo. Na década de 90 fui às ruas como seu militante. Continuará sendo referência para todos nós. Meus sinceros sentimentos a todos os amigos e familiares, em especial à sua esposa Sílvia e suas filhas Fernanda, Luciana e Cristiana” (Fernando Monteiro, deputado federal).


Recebi com pesar a notícia do falecimento do querido Joaquim Francisco, a quem tenho profunda admiração pelo político inspirador e por sua história no nosso estado como governador de Pernambuco, prefeito do Recife e deputado federal.


Deputado Fernando Monteiro


Nosso último encontro foi on-line, há um ano, durante o Projeto 100 Dias, quando o convidei para palestrar aos tucanos sobre os desafios de uma eleição marcada pela pandemia.


Sentar para ouvir suas histórias era sempre agradável, foram verdadeiros momentos de aprendizado.


Pernambuco perde com sua partida. Meus sentimentos à família.


Alessandra Vieira

Deputada Estadual


A morte de Joaquim Francisco representa uma grande perda para Pernambuco.


Ele nos deixou grandes ensinamentos como homem público, cujas características encarnavam muito bem o espírito de Pernambuco; altivo, afirmativo e dedicado às melhores causas.


Soube exercer o poder, mas soube também viver com muita dignidade fora dele. Nos últimos anos, era muito bom ouvi-lo, e tê-lo presente no debate dos temas de interesse do País e do mundo, pois mantinha-se sempre atualizado.


Tenho certeza de que o povo de Pernambuco saberá a esta hora lhe prestar um justo tributo.


Deixo a expressão de meu profundo sentimento de pesar e de solidariedade a Dona Silvia e a toda sua família.


Armando Monteiro Neto


Foi com muita tristeza que recebi a notícia da morte do ex-governador Joaquim Francisco, de quem fui correligionário no PSB. 


Após lutar contra um câncer de pâncreas, ele nos deixou hoje, aos 73 anos. Pernambuco perde um exemplo de liderança e homem íntegro que sempre defendeu a causa pública com vigor, ética e discernimento. 


Joaquim teve uma trajetória política de muito compromisso. Foi prefeito do Recife, deputado federal e ministro. 


À sua esposa, Sílvia, suas filhas, familiares e amigos, deixo minha solidariedade.


Diogo Moraes 

Deputado Estadual

Ana Célia continua avançando Surubim

Publicado por Alberes Xavier em 03/08/2021 às 22:13



A Prefeitura de Surubim, através da Secretaria de Saúde, realizou hoje a entrega do novo espaço onde vai funcionar a Unidade de Saúde da Familia da Vila Social. Uma nova sede, totalmente requalificada, oferecendo mais conforto para a população.  


O equipamento, que é responsável pelo atendimento de aproximadamente 5 mil pessoas da comunidade, dispõe de agentes comunitários de saúde, médico, enfermeiro, técnico de enfermagem, auxiliar de saúde bucal e dentista. A estrutura física é composta por uma recepção, sala de enfermagem, consultório odontológico, sala de vacina, sala de curativo e farmácia.


"Todos os dias, a gente tem investido não apenas na ampliação do alcance dos serviços públicos em Surubim, mas igualmente na humanização do atendimento à população. Porque acreditamos que a dignidade é um direito dos cidadãos e cidadãs do nosso município. Este novo espaço representa esse compromisso", explica a prefeita Ana Célia.


A nova unidade de saúde fica localizada na Rua João Domingos, 40, na Vila Social.

Prefeito e Secretária de Assistência Social de Toritama solicitam a construção de um novo CRAS ao Ministro da Cidadania

Publicado por Alberes Xavier em 03/08/2021 às 20:23



BRASÍLIA: O Prefeito de Toritama, Edilson Tavares, juntamente com a Primeira Dama e Secretária de Assistência Social Elaine Tavares estiveram no Ministério da Cidadania, Acompanhados pelo Chefe de Gabinete Sérgio Colin, tiveram uma audiência com o Ministro João Roma, o encarregado das ações federais de assistência social. Na oportunidade, o Prefeito Edilson Tavares solicitou para Toritama, recursos para a construção de um CRAS – Centro de Referência da Assistência Social, um Centro de Convivência Social e verba para custear as despesas da assistência social no município. O chefe de Gabinete do Senador Jarbas Vasconcelos Aristeu Plácido também esteve presente na audiência, João Roma que é pernambucano mas faz carreira política pelo estado da Bahia, se prontificou em ajudar à Capital do Jeans.