Fernando Bezerra se reúne com prefeitos eleitos

O senador Fernando Bezerra Coelho (MDB) se reuniu, nesta quinta-feira (26), no Recife, com prefeitos eleitos nos municípios de Pernambuco. Além da avaliação do resultado eleitoral e do cenário político atual, os gestores apresentaram ao líder do governo no Senado demandas de ações e projetos a serem desenvolvidos em suas cidades em parceria com o governo federal.


Na visita ao senador, a prefeita reeleita de Caruaru, Raquel Lyra (PSDB), agradeceu a parceria durante o primeiro mandato e renovou o pedido de apoio na segunda gestão. “Caruaru precisa continuar avançando, e a prefeita Raquel Lyra nos apresentou novos pleitos para a cidade, com ações destinadas às áreas de saúde e infraestrutura viária, assim como o apoio da Codevasf”, explicou Fernando Bezerra.


Já no encontro com o prefeito eleito de Tacaratu, Washington de Araújo (MDB), FBC registrou a expressiva vitória obtida pelo emedebista na cidade e recebeu os primeiros pleitos do seu futuro mandato, como a retomada das obras do Sistema de Abastecimento de Água Petrolândia/Tacaratu, que levará água a 12 comunidades da região, bem como recursos federais para obras de recapeamento, construção e ampliação de creches, escolas e quadras poliesportivas.


Na mesma direção seguiu a reunião com o prefeito eleito de Petrolândia, Fabiano Marques (PTB). Acompanhado do vice-prefeito eleito Rogério Novaes (PSD) e do vereador Dedé, o gestor solicitou o apoio do senador para liberar recursos investimentos nas áreas de infraestrutura, água e educação. Reeleito no município de Condado, o prefeito Antonio Cassiano informou ao senador que irá a Brasília para discutir projetos em andamento e para agilizar ações junto ao FNDE e ao Ministério da Saúde.


O senador Fernando Bezerra Coelho também teve encontros com a prefeita Maria José (DEM), de Pesqueira, e os prefeitos de Ferreiros, Bruno Japhet (MDB), e de Brejo da Madre de Deus, Hilário Paulo (PSD).

“Garanhuns é maior do que as disputas políticas”, diz Fernando Rodolfo sobre apoio à gestão Sivaldo Albino

O deputado federal Fernando Rodolfo (PL), deu uma demonstração de grandeza e maturidade política ao convidar o prefeito eleito de Garanhuns, Sivaldo Albino (PSB) a ir em Brasília para uma agenda na esplanada dos ministérios. “Levei o prefeito a dois ministros de estado e aos presidentes do FNDE, Codevasf e Dnit. Ninguém governa uma cidade como Garanhuns sozinho, por isso, me coloquei à disposição para ajudar o prefeito a conseguir dinheiro pra fazer obras e cumprir as promessas de campanha”, disse o deputado que é filho natural de Garanhuns.


O primeiro compromisso foi no ministério da Cidadania. “Pedi ao ministro Onyx Lorenzoni para nos receber e apresentar ao prefeito o projeto Brasil em Campo”, disse o deputado. “Este equipamento vai permitir a prática esportiva, atividade escolar, convívio comunitário, estímulo à convivência de idosos, inclusão social, disputa e competição, garimpagem de novos talentos, ou seja, ele terá uma amplitude impressionante”, explicou o ministro Onyx. A arena irá dispor de campo de futebol, quadra poliesportiva, pista de atletismo, campo de vôlei de praia, entre outras atividades. O prefeito eleito manifestou total interesse em levar o projeto para Garanhuns e o deputado Fernando Rodolfo já garantiu ao ministro a emenda parlamentar necessária para a construção da obra. O ministério da cidadania deverá entregar a obra pronta em 90 dias, prazo contado a partir do início do empreendimento.


EDUCAÇÃO – No Fundo Nacional de Desenvolvimento da Educação (FNDE), órgão do ministério da Educação, o deputado federal e o prefeito eleito foram recebidos pelo presidente Marcelo Ponte. Na ocasião foi apresentado um relatório detalhado de obras inacabadas em Garanhuns, desde 2013, início da gestão de Izaías Régis. São pelo menos quatro creches que estão com as obras abandonadas. O prefeito Sivaldo Albino pediu ao deputado emendas parlamentares para que a sua gestão possa concluir as obras.


TURISMO – O deputado federal Fernando Rodolfo também pediu ao presidente do Dnit, General Santos Filho, para receber o prefeito Sivaldo. “O prefeito eleito apresentou uma proposta muito importante na campanha, que é a revitalização do Cristo do Magano. Pra isso, é necessário garantir a iluminação e arborização do trecho da rodovia que dá acesso ao monumento. Fomos tratar dessa parceria com órgão”, explicou o parlamentar. De acordo com Santos Filho, o Dnit tem todo interesse em aprovar o projeto que será apresentado oficialmente pelo prefeito Sivaldo Albino assim que ele assumir o mandato.


No ministério do Turismo, o deputado e o prefeito eleito foram recebidos pelo ministro Marcelo Álvaro, que ficou entusiasmado com o projeto de revitalização do Cristo do Magano e garantiu a liberação de recursos. “O deputado Fernando vai colocar uma parte do dinheiro através de emenda parlamentar e eu consigo o restante pelo ministério”, disse o ministro. Também foi solicitada celeridade na inclusão de Garanhuns no mapa de turismo. Desde o ano passado que Garanhuns ficou de fora porque a gestão atual da prefeitura não fez o dever de casa.


CODEVASF – Na Codevasf, o prefeito eleito e o deputado federal foram recebidos pelo presidente Marcelo Moreira. “A Codevasf tem tudo para ser uma grande parceira da gestão de Sivaldo em Garanhuns. Fomos até lá pra apresentar ao prefeito o catálago de serviços que a companhia pode desenvolver no município e já estamos pedindo a liberação de dois grandes equipamentos: um trator de esteira e uma escavadeira hidráulica, para garantir agilidade e qualidade nos serviços de infraestrutura de Garanhuns.


PÓS-PANDEMIA – Sivaldo Albino vai assumir a prefeitura num momento desafiador. “Não podemos por questões políticas deixar o prefeito sozinho nessa fase de pós-pandemia ou até mesmo de uma segunda onda da Covid 19. Por isso, levei o prefeito até a Secretaria Nacional de Vigilância em Saúde, que é a pasta do Ministério da Saúde que lida diretamente com as ações de combate à pandemia. “Foi muito boa a iniciativa do deputado Fernando em trazer aqui o prefeito Sivaldo. Vamos ter muito trabalho pela frente e as ações para Garanhuns agora ficarão mais fáceis por causa dessa aproximação”, disse o secretário Arnaldo Medeiros.


O prefeito eleito Sivaldo Albino ficou entusiasmado com a decisão do deputado federal Fernando Rodolfo em apoiar as iniciativas de sua gestão. “É hora de trabalhar por Garanhuns e a iniciativa do deputado é muito importante. Ele é de Garanhuns e tem livre trânsito no governo federal como já está provado. Essa parceria é por Garanhuns”, comemorou Sivaldo Albino.


Vale lembrar que essa é a primeira vez que um prefeito e um deputado federal da terra (foram quase 30 anos sem representação em Brasília), mesmo estando em partidos opostos se unem pela cidade.

Teresa Leitão registra início de campanha de combate à violência contra a mulher e frisa importância de combater o machismo na política

Na reunião plenária da Assembleia Legislativa de Pernambuco (Alepe) realizada nesta quinta-feira (26), a deputada Teresa Leitão (PT) usou, não apenas o espaço de fala no plenário, mas também o seu lugar de fala enquanto mulher na política. Registrando o início da campanha de ativismo contra a violência praticada à mulher, que se estenderá pelos próximos 16 dias a contar da última quarta-feira (25), Teresa frisou a importância de se combater as várias modalidades da violência, destacando o mal que o machismo tem causado na política. 


“Nós temos registradas como práticas de violência, a violência sexual, que estupra, que mata, que gera feminicídio, a violência física, que gera feminicídio também, a violência psicológica que atordoa o equilíbrio emocional das mulheres, a violência patrimonial, onde os bens da mulher ficam retidos por seu companheiro, a violência psicológica, que humilha, que assedia as mulheres e a violência política que está sendo agora analisada profundamente na câmara federal. Talvez tenhamos, inclusive, um projeto de lei, nessa direção”, disse. 


“Nessas eleições, não é só Marília Arraes (PT) que está sendo atacada. Nós estamos vendo várias mulheres, como Manuela D'Ávila (PCdoB), em Porto Alegre, como Luizianne Lins (PT) foi em Fortaleza, independente de partido político, são mulheres na política sendo atacadas por seus opositores. É machismo sim! É machismo! ”, protestou. “Esse espaço não foi dado, foi conquistado a duras penas”, acrescentou. 


Citando a presença das deputadas Priscila Krause (DEM) e Jô Cavalcanti (PSOL), Teresa afirmou lembrar-se de Adalgisa Cavalcanti, quando se vê sozinha, na ausência de outras colegas mulheres. 


“Ou a gente barra essa violência política contra as mulheres ou nós vamos voltar para a idade média e daqui a pouco estaremos sendo chamadas de bruxas, e daqui a pouco vai ter gente querendo nos queimar, mas nós não vamos permitir. Lugar de mulher é na política. Lugar de mulher é onde ela quiser e nós queremos disputar esse lugar com os senhores”, disse.


A deputada também chamou os homens para lutarem contra o machismo. “Homens de boa vontade, digam não também ao machismo, ele nos ofende diretamente e primeiramente, mas ele ofende também a cada um dos homens que acredita na democracia. Nós não vamos nos calar e queremos que vocês, homens de boa vontade, também nos acompanhem. Basta de violência contra a mulher", finalizou.

"Brasil deveria adotar rastreamento de contato de infectados para diminuir casos de Covid-19", afirma especialista da Faculdade São Leopoldo Mandic

Para o médico epidemiologista, Dr. André Ribas Freitas, medida foi usada com sucesso por países que conseguiram controlar a transmissão da doença 


O Brasil tem passado por um aumento no número de casos de Covid-19 nas últimas semanas. Apenas no estado de São Paulo, segundo dados da Secretaria de Saúde, o crescimento foi de 17%, entre os dias 15 e 21 de novembro. Para o médico epidemiologista da Faculdade São Leopoldo Mandic, Dr. André Ribas Freitas, um método que deveria ser considerado para diminuir a taxa de transmissão é a adoção do rastreamento e quarentena de pessoas infectadas pelo vírus. 


"Com o rastreamento, o paciente com Covid-19 é identificado e há um acompanhamento de todos que tiveram contato com a pessoa dois dias antes do início dos sintomas até 10 dias depois. Além disso, é importante incluir nesse grupo quem esteve próximo, menos de 1 metro por 15 minutos, ou ainda quem tocou, beijou, abraçou e quem mora na mesma casa", explica Dr. Ribas. 


Segundo o especialista da Faculdade São Leopoldo Mandic, nesse caso, o paciente com Covid-19 deve seguir o isolamento e as pessoas que tiveram contato deveriam permanecer em quarentena por um período de 14 dias, mesmo sem sintomas, por terem se exposto ao risco de contágio do vírus. 


Dr. Ribas lembra que o Brasil é um dos poucos países que não adotou o rastreamento de pacientes infectados, ao lado da Venezuela e Nicarágua, nas Américas. (veja imagem acima). 


Na comparação com os países da Europa, que adotaram o rastreamento como medida, é possível observar que a curva de contágio do coronavírus teve um ápice entre abril e maio e foi achatada nos três meses seguintes, como é o caso da França (veja imagem abaixo). Já no Brasil, o número de casos se manteve em um patamar alto desde o início da pandemia. 


Sobre a São Leopoldo Mandic 


Considerada uma das dez melhores instituições de ensino superior do País há 12 anos consecutivos no Índice Geral de Cursos (IGC) do MEC, a Faculdade São Leopoldo Mandic reúne, no corpo docente, professores doutores formados pelas melhores instituições de ensino do Brasil e do Exterior. Estruturada com laboratórios de última geração e clínicas odontológicas completas, a Instituição oferece aos alunos vivência prática nos cursos de Odontologia e de Medicina desde o 1º ano, atividades de pesquisa e prestação de serviços comunitários, convênio com hospitais e Unidades Básicas de Saúde, cursos de graduação e pós-graduação. Além de laboratórios com exercícios de simulação realística, utilizando recursos modernos para diagnóstico, o HUB de Inovação e o Barco da Saúde. O corpo docente é formado por doutores e pós-doutores com vasta produção intelectual. A Faculdade São Leopoldo Mandic tem outras nove unidades distribuídas pelo País, que oferecem cursos de pós-graduação e mais uma unidade de graduação em Medicina, na cidade de Araras (SP). Canais: slmandic.edu.br ; facebook.com/ saoleopoldomandic . 

Eriberto Medeiros recebe prefeito eleito de Sairé Gildo Dias

O deputado estadual Eriberto Medeiros (PP), presidente da Assembleia Legislativa, recebeu em seu gabinete o prefeito eleito do município de Sairé, Gildo Dias (PL), junto com o vice Dr. Marcílio e membros do grupo político que estão atuando nessa fase de transição. A reunião, ocorrida no fim da tarde desta quarta-feira (25), abordou as primeiras ações que Gildo tomará assim que assumir a prefeitura. 


Na ocasião, o presidente parabenizou o novo gestor pela vitória de quase 5 mil votos, reforçando que vai trabalhar muito para contribuir com um governo voltado para toda a população, especialmente os mais necessitados. “Sairé é a terra onde nasceu o meu pai, Zezé Soares, meus sete irmãos. Uma cidade que tenho muito carinho e respeito pelas pessoas. Quero trabalhar muito mais junto com Gildo, Dr. Marcílio, Everaldo e todo o nosso grupo, que saiu vitorioso e fortalecido, pronto pra governar Sairé rumo ao desenvolvimento”, afirmou o presidente.

Na Universidade Católica, João Campos discute propostas para intervenção urbanística no Recife

Candidato também reforçou a ideia de criar o Escritório de Projetos, para planejar com entidades de ensino superior a viabilidade da execução de projetos desenvolvidos pelas universidades


Com o objetivo de debater propostas de intervenções urbanísticas no Recife, o candidato a prefeito pela Frente Popular do Recife, deputado federal João Campos (PSB), se reuniu, nesta quarta-feira (25), com o reitor da Universidade Católica de Pernambuco, Padre Pedro Rubens, e professores da instituição responsáveis pelo plano Centro Cidadão, desenvolvido pela própria Unicap. 


A iniciativa da universidade tem um raio-X da cidade, apontando uma série de panoramas de intervenções urbanísticas que impactam na melhoria do Recife. De acordo com o representante da instituição, Padre Pedro Rubens, com o plano é possível observar a cidade e tornar a entidade uma aliada da gestão pública na busca por soluções de problemas urbanos. 


João recebeu o plano e parabenizou a instituição, reforçando que a proposta dialoga com as diretrizes da sua campanha. Ele aproveitou a oportunidade para destrinchar a iniciativa de criar o Escritório de Projetos, que vai planejar com entidades de ensino a viabilidade da execução de projetos desenvolvidos pelas universidades.  


“Com isso, a gente une a capacidade de ensino às demandas da cidade para poder avançar mais. Em outras áreas também faremos isso, vamos aumentar a área de formação tecnológica da cidade, para garantir a empregabilidade dos jovens”, afirmou. A proposta de João tem como objetivo criar uma parceria com as universidades para que estudantes de diversas áreas de conhecimento possam contribuir com projetos para a cidade. 


Também participaram do encontro o pró-reitor administrativo Márcio Waked, as professoras Andréa Câmara (diretora da Unicap Icam International School), Paula Maciel ( coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo e Clarissa Duarte , além do chefe de gabinete da reitoria, Rodrigo Pellegrino.

Irlando Parabólica(PP) reafirma apoio a Eduardo da Fonte e Eriberto Medeiros

O presidente estadual do Progressistas e deputado federal Eduardo da Fonte, juntamente com o presidente da Assembléia Legislativa de Pernambuco, deputado Eriberto Medeiros, anunciaram ao prefeito eleito Irlando Parabólica(PP), a destinação de um milhão de reais para a saúde do município. E a perfuração de 5 poços junto ao DNOCS que vai beneficiar os moradores da zona rural da cidade. 


O município também já tinha sido contemplado com a aquisição de dois tratores, equipados com máquinas agrícolas, destinados pelos deputados Eduardo da Fonte e Eriberto Medeiros. Onde beneficiaram os pequenos produtores rurais do município. Juntos vão continuar trabalhando pelo desenvolvimento de Santa Cruz da Baixa Verde, juntamente com o prefeito Irlando Parabólica.

“Não serei uma gestão que persegue pessoas, pois isso acabou dia 15 quando as pessoas deram um basta na atual gestão”, falou o prefeito eleito de Santa Cruz do Capibaribe Fábio Aragão

Em participação ao programa Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios, o prefeito eleito de Santa Cruz do Capibaribe, Fábio Aragão (PP) agradeceu votação obtida na última eleição, revelou que todo seu secretariado terá perfil técnico e destacou a importância do vereador Carlinhos da Cohab e do deputado federal Eduardo da Fonte em seu projeto político. 


O prefeito eleito também falou sobre a escassez de recursos na campanha e afirmou que tudo foi pela força e pela unidade dos eleitores e do seu grupo político. “Foi uma campanha bonita e histórica, eu sempre dizia que meu projeto poderia durar até dia 15, quatro anos ou oito anos. Não estou preocupado com reeleição, irei fazer uma administração que devolva a dignidade e a esperança de dias melhores para o povo”, disse. 


Questionado sobre a montagem de seu secretariado e a participação do ex-prefeito José Augusto Maia em seu governo, Fábio deixou claro que prioriza perfis técnicos para o primeiro escalão. “Conversamos com muitas pessoas e a participação de todos será de fundamental importância. Estou com intenção em montar o secretariado com perfis técnicos e estamos estudando caso a caso. E sobre José Augusto sabemos de sua história e da importância pela chegada de grandes obras à cidade”, falou. 


Câmara de Vereadores – O prefeito eleito formou a minoria de sua bancada na Casa de Lei e traçou seus objetivos e a relação com os opositores. “O convívio vai ser muito bom, já liguei pra os vereadores do nosso grupo e do grupo de Allan Carneiro, e irei manter contato com todos os parlamentares. Não tenho restrição e a prefeitura estará de portas abertas aos vereadores. Não serei uma gestão que persegue pessoas, pois isso acabou dia 15 de novembro quando as pessoas deram um basta na atual gestão”, cutucou. 


Por fim, Fábio Aragão frisou que irá em busca dos deputados estaduais Diogo Moraes e Alessandra Vieira, e falou que não vai esconder as emendas enviadas pelos deputados federais. 


“Farei questão de dizer qual a origem do recurso, pois só através disso a população ganha. Não irei atrapalhar a vida dos Santa-cruzenses por cores ou alas partidárias”, encerrou.

No mês da Consciência Negra, Gustavo Gouveia ressalta projeto de combate ao racismo em órgãos públicos do estado

No mês em que celebramos duas importantes datas de combate ao racismo, Dia Nacional de Combate ao Racismo e Dia Nacional da Consciência Negra, o deputado estadual Gustavo Gouveia (DEM), destaca o Projeto de Lei nº 544/2019. O PL proíbe as pessoas que tiverem sido condenadas pela Lei do Racismo sejam nomeadas para cargos públicos em Pernambuco.  

 

A proibição inclui todos os cargos efetivos e em comissão de pessoas que tiverem sido condenadas por discriminação de raça, cor, etnia, religião ou procedência nacional de acordo com a Lei Federal nº 7.716, de 05 de janeiro de 1989, conhecida como Lei do Racismo. No ano passado, quando a Lei completou 30 anos, também foi incluído a homofobia como crime passível de condenação.  

 

“Essa é mais uma forma de penalizar os condenados, impedindo que assumam cargos em órgãos públicos, seja efetivo ou em comissão. Devemos tratá-los como realmente são, criminosos. Não podemos facilitar, vamos proibir que eles sejam nomeados e seguir trabalhando para combater o racismo no nosso estado”, explica o parlamentar, que acredita na aprovação do PL pelos demais parlamentares na Assembleia Legislativa de Pernambuco. 

 

TRAMITAÇÃO – O Projeto de Lei nº 544/2019 foi aprovado pela Comissão de Constituição, Legislação e Justiça. Está aguardando discussão nas comissões de: Administração Pública; Educação e Cultura; Esporte e Lazer; e Cidadania, Direitos Humanos e Participação Popular. 

Ibope no Recife: João Campos, 43%; Marília Arraes, 41%

Por G1 PE


O Ibope divulgou, nesta quarta-feira (25), o resultado da segunda pesquisa do instituto sobre o segundo turno da eleição para prefeito do Recife. O levantamento foi realizado entre os dias 23 e 25 de novembro e tem margem de erro de 3 pontos percentuais, para mais ou para menos.


Os resultados foram os seguintes:


João Campos (PSB): 43%

Marília Arraes (PT): 41%

Em branco/nulo: 15%

Não sabe/não respondeu: 2%


Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado em 18 de novembro:


João Campos (PSB): tinha 39% e subiu para 43%


Marília Arraes (PT): tinha 45% e desceu para 41%


Em branco/nulo: se manteve em 15%

Não sabe/não respondeu: subiu de 1% para 2%


De acordo com o Ibope, persiste um empate técnico entre os candidatos, mas agora com a inversão da vantagem numérica em relação à pesquisa anterior. A diferença entre ambos é de apenas dois pontos percentuais e menor que a margem de erro da pesquisa, que é de três pontos percentuais.


Votos válidos


Nos votos válidos, os resultados foram os seguintes:


João Campos (PSB): 51%


Marília Arraes (PT): 49%


Em relação ao levantamento anterior do Ibope, divulgado em 18 de novembro:


João Campos (PSB): tinha 47% e subiu para 51%


Marília Arraes (PT): tinha 53% e caiu para 49%


Para calcular os votos válidos, são excluídos da amostra os votos brancos, os nulos e os eleitores que se declaram indecisos. O procedimento é o mesmo utilizado pela Justiça Eleitoral para divulgar o resultado oficial da eleição.


Para vencer no 2º turno, um candidato precisa de 50% dos votos válidos mais um voto.


Intenção de voto espontânea

João Campos (PSB): 40%

Marília Arraes (PT): 38%

Outros: 1%

Branco/nulo: 18%

Não sabe/não respondeu: 4%


Sobre a pesquisa


Margem de erro: 3 pontos percentuais para mais ou para menos


Entrevistados: 1.001 eleitores do Recife

Quando a pesquisa foi feita: entre 23 e 25 de novembro


Registro no TRE: PE‐04600/2020

Nível de confiança: 95%


Contratantes da pesquisa: TV Globo e “Jornal do Commercio”


O nível de confiança da pesquisa é de 95%. Isso quer dizer que há uma probabilidade de 95% de os resultados retratarem a realidade, considerando a margem de erro, que é de 3 pontos, para mais ou para menos.