Diogo Moraes debate ampliação da educação superior ao participa de solenidade de extensão da UFPE em Sertânia

Publicado por Alberes Xavier em 14/09/2021 às 07:45



O deputado Diogo Moraes (PSB), vice-líder do governo na Assembleia Legislativa de Pernambuco participou no último sábado (11), da solenidade de assinatura do convênio de implantação do NEMIP - Núcleo de Extensão e Cultura do Sertão do Moxotó, Vale do Ipanema e Pajeú. Uma ação da Universidade Federal de Pernambuco em parceria com a prefeitura de Sertânia. 


O NEMIP tem a perspectiva da pesquisa-ação como ferramenta na execução de políticas públicas, a partir da interação entre população local, prefeitura e universidade. Representa um importante instrumento de construção coletiva do conhecimento, capaz de pensar sua ação de maneira articulada com uma estratégia de desenvolvimento territorial.


O deputado Diogo Moraes destacou o poder da expansão da universidade pública para o povo. “A vinda desse núcleo para Sertânia é uma grande ação do prefeito Ângelo Ferreira em parceria com a UFPE. Um ato que beneficia toda a região, aproximando a universidade pública da população sertaneja”, destacou Diogo Moraes.


“Com a criação do NEMIP, a Universidade Federal de Pernambuco está ampliando sua área de atuação e fazendo com que o ingresso na universidade pública seja real para todos”, contou o Reitor da UFPE, Alfredo Gomes. 


O prefeito de Sertânia, Ângelo Ferreira falou da importância dessa parceria do poder público municipal com a UFPE. “Trabalhamos fortemente para a chegada desse núcleo a nossa cidade, pois acreditamos que investir em educação não é gasto, é entender que o crescimento de uma população só é capaz com conhecimento”, disse o prefeito.


O núcleo sertanejo vai contar com os seguintes programas: Laboratório de Fabricação Digital; Cursos de extensão, qualificação profissional (híbrido); Educação Continuada (PEC) para Gestores e Professores de Escolas Municipais; Pós-Graduação em Governança Municipal.


Na oportunidade, Diogo Moraes junto com o Ângelo Ferreira e o presidente da câmara de vereador Antônio Henrique Fiapo, mostrou a potencialidade hidrográfica do município e propôs a diretoria da UFPE a elaboração de um projeto de perenização do Rio Moxotó e Açude da Pedra, importantes fontes de água da cidade. A ação tem o poder de gerar mais desenvolvimento, emprego e renda para o povo de Sertânia, Custódia e Ibimirim.