Câmara do Recife vai discutir a retomada de eventos sociais e apresentações de músicos e artistas

Publicado por Alberes Xavier em 14/04/2021 às 10:03


Audiência pública virtual foi proposta pelo vereador Marco Aurélio Filho (PRTB).


Na próxima quinta-feira (15/04), a partir das 14h, a Câmara Municipal do Recife promoverá uma audiência pública virtual, proposta pelo vereador Marco Aurélio Filho (PRTB), que também é membro do Conselho de Turismo do Recife, para discutir a retomada de eventos sociais, bem como apresentações de músicos e artistas.  


“Retomar o setor cumprindo todos os protocolos é devolver a dignidade destes profissionais que estão sem trabalhar há mais de um ano. As casas de recepções devem se equiparar aos bares e restaurantes, cumprindo os mesmos protocolos de capacidade de pessoas e horários reduzidos. Os nossos artistas e músicos precisam se apresentar nestes locais para terem sua fonte de renda garantida. É lamentável ouvir depoimentos de músicos que estão vendendo seus próprios instrumentos para terem o que comer”, argumentou Marco Aurélio Filho.


Durante a reunião Ordinária da Câmara do Recife, realizada por meio de videoconferência, na última terça-feira (13), foram aprovados dois requerimentos, também de autoria do vereador, em favor do setor.


O requerimento de número 2433/2021 dirigiu apelo ao governador Paulo Câmara para avaliar, “a fim de que se tenha, de acordo com os atuais protocolos sanitários, o retorno gradual dos eventos sociais ou a equiparação destes, com o funcionamento de bares e restaurantes em período de pandemia”. Já o requerimento de número 2434/2021 dirigiu indicação ao secretário de Desenvolvimento Econômico do Estado, Geraldo Júlio, para que seja autorizado que os músicos e artistas voltem a tocar em bares e restaurantes, cumprindo o horário de funcionamento destes estabelecimentos e todas as normas sanitárias.


A reunião pública contará com a participação de representantes de eventos sociais, artistas, músicos e representantes de entidades ligadas ao setor, a exemplo do presidente da Fecomércio Bernardo Peixoto. No plenário da Câmara, o vereador Marco Aurélio Filho disparou: “Este poder legislativo não pode fechar os olhos para um setor que gera renda e emprego, isso não é um apelo é uma súplica por estes trabalhadores”.