Na Universidade Católica, João Campos discute propostas para intervenção urbanística no Recife

Candidato também reforçou a ideia de criar o Escritório de Projetos, para planejar com entidades de ensino superior a viabilidade da execução de projetos desenvolvidos pelas universidades


Com o objetivo de debater propostas de intervenções urbanísticas no Recife, o candidato a prefeito pela Frente Popular do Recife, deputado federal João Campos (PSB), se reuniu, nesta quarta-feira (25), com o reitor da Universidade Católica de Pernambuco, Padre Pedro Rubens, e professores da instituição responsáveis pelo plano Centro Cidadão, desenvolvido pela própria Unicap. 


A iniciativa da universidade tem um raio-X da cidade, apontando uma série de panoramas de intervenções urbanísticas que impactam na melhoria do Recife. De acordo com o representante da instituição, Padre Pedro Rubens, com o plano é possível observar a cidade e tornar a entidade uma aliada da gestão pública na busca por soluções de problemas urbanos. 


João recebeu o plano e parabenizou a instituição, reforçando que a proposta dialoga com as diretrizes da sua campanha. Ele aproveitou a oportunidade para destrinchar a iniciativa de criar o Escritório de Projetos, que vai planejar com entidades de ensino a viabilidade da execução de projetos desenvolvidos pelas universidades.  


“Com isso, a gente une a capacidade de ensino às demandas da cidade para poder avançar mais. Em outras áreas também faremos isso, vamos aumentar a área de formação tecnológica da cidade, para garantir a empregabilidade dos jovens”, afirmou. A proposta de João tem como objetivo criar uma parceria com as universidades para que estudantes de diversas áreas de conhecimento possam contribuir com projetos para a cidade. 


Também participaram do encontro o pró-reitor administrativo Márcio Waked, as professoras Andréa Câmara (diretora da Unicap Icam International School), Paula Maciel ( coordenadora do curso de Arquitetura e Urbanismo e Clarissa Duarte , além do chefe de gabinete da reitoria, Rodrigo Pellegrino.