“A população precisa ser mais parceira”, desabafa Edson Vieira sobre possível Lockdown em Santa Cruz do Capibaribe

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe, Edson Vieira (PSDB) participou por telefone do programa Rádio Debate da Polo FM na manhã desta terça-feira (30), e falou sobre o aumento dos números de Covid-19, doença causada pelo novo Coronavírus e sobre como encara um possível Lockdown na cidade.


“A gente precisa que a população seja mais parceira, com todos os casos confirmados na cidade, ainda tem gente que insiste em sair sem máscaras e outros com elas no queixo, eu penso o seguinte, ou usa ou não usa, porque no queixo não protege nada. Precisa haver mais empenho e cuidado de cada um para sairmos dessa crise”, afirmou o gestor.


Questionado sobre um possível Lockdown, o prefeito falou que até o momento não recebeu nenhuma indicação para tal, mas que caso seja solicitado pela Justiça ou por determinação do Estado, irá cumprir. “O comércio funciona como está, até que venha alguma ordem determinando o fechamento e aí vamos atender caso solicitado, mais por enquanto as atividades permanecem, tanto as entregas no Moda Center, como o funcionamento de alguns seguimentos que estão no plano de reabertura gradual”, disse.


Sobre a repercussão do programa Fantástico da Rede Globo, que exibiu no último domingo (28) que Santa Cruz do Capibaribe aparece na 4ª colocação no país com um aumento de 348% dos casos nos últimos 14 dias, o prefeito se mostrou contrário aos números apresentados.


“Não sabemos de onde tiraram esses números, a Secretaria de Saúde está fazendo um levantamento dos dados para ver, mas nos últimos 15 dias aumentamos pouco mais de 100 casos, e isso não dá 348% como foi mostrado.


O prefeito também elencou que o aumento dos números locais tem sido possível devido a uma quantidade maior de testes disponibilizados pelo município. “Nossos dados tem crescido nos últimos dias devido à uma quantidade maior de testes, quanto mais testamos”, concluiu.