Proibição do corte de energia garante dignidade às famílias e condições de enfrentar o coronavírus, diz Eduardo da Fonte

O deputado federal Eduardo da Fonte (PP) elogiou a decisão desta terça-feira (24) da Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) que determinou a suspensão, por 90 dias, do corte de energia de consumidores inadimplentes. A decisão foi tomada em razão da pandemia do Coronavírus e pode ser prorrogada.


“Fiscalizar e lutar contra os abusos do setor elétrico é uma bandeira que carrego. Vejo com muita alegria essa decisão da Aneel. Um pai de família não pode ter a luz cortada em um momento tão sensível e, com a economia sob risco de entrar em recessão, também não podemos prejudicar comerciantes e empresários que geram empregos.”, declarou Eduardo da Fonte.