Parlamentares pedirão devolução da MP que permite indicação de reitores pelo ministro da Educação

Deputados ligados às Frentes Parlamentares em Defesa da Valorização das Universidades e dos Institutos Federais de Educação, Ciência e Tecnologia vão pedir aos presidentes da Câmara Federal, Rodrigo Maia (DEM-RJ), e do Senado, Davi Alcolumbre (DEM-AP), a devolução imediata da medida provisória 979/2020, publicada na noite de ontem (9) pelo governo Federal e já em vigor. Eles alegam que o texto, que permite a nomeação de reitores durante a pandemia do coronavírus, é inconstitucional. 


A primeira inconstitucionalidade apontada pelos parlamentares é por a nova MP ser uma reedição da medida provisória 914, que perdeu a validade no último dia 2. A segunda é por ferir o artigo 207 da Constituição Federal, que trata sobre a autonomia das universidades. “Esse é mais um duro ataque à educação brasileira O texto é um total rompimento do princípio da autonomia das universidades e institutos federais”, critica o deputado federal Danilo Cabral, um dos coordenadores da Frente Parlamentar em Defesa das Universidades. 


A MP poderá atingir 15 universidade e quatro institutos federais de ensino, que têm dirigentes com mandatos que vencem neste ano. As universidades escolhem seus reitores através da consulta à comunidade acadêmica para a formação de uma lista tríplice. Já para os institutos federais os reitores são eleitos de forma direta, prevista numa lei federal. “As Universidades e Institutos são produtores do conhecimento. Não podem ser tutelados. A autonomia é um princípio que está na Constituição Federal”, disse a deputada Margarida Salomão (PT-MG), também coordenadora da Frente Parlamentar, que já foi reitora da Universidade Federal de Juiz de Fora.


Danilo Cabral lembra que, no ano passado, o governo federal promoveu uma intervenção na nomeação de, pelo menos, seis reitores. “Precisamos ressaltar que há possibilidade de fazer a escolha dos reitores mesmo durante a pandemia”, afirma Danilo Cabral. Ele cita o exemplo da Universidade Tecnológica Federal do Paraná (UTFPR), cujo Conselho Universitário aprovou, em maio, a realização da eleição remotamente, através do Sistema Helios Voting. O software, desenvolvido pelo Instituto de Tecnologia Massachusetts (Estados Unidos), já foi utilizado no Brasil nas eleições de reitor na Universidade de São Paulo. O mandato do atual reitor da instituição termina em outubro. 


O texto da MP 979 foi discutido na manhã de hoje (10) em reunião dos parlamentares com as entidades ligadas à educação, como Andifes (Associação Nacional dos Dirigentes das Instituições Federais de Ensino Superior), Conif (Conselho Nacional das Instituições da Rede Federal de Educação Profissional, Científica e Tecnológico) e da União Nacional dos Estudantes (UNE). No encontro virtual, também ficou decidido que será impetrada uma ação judicial no Supremo Tribunal Federal para sustar os efeitos do texto imediatamente. 

Motivação em tempos de pandemia é tema do projeto Integra RH desta quarta (10)

De junho a setembro, a Rede UniFTC realiza série de eventos gratuitos e distribui conteúdos exclusivos para profissionais de todas as áreas


O mundo mudou e a maneira como estamos acostumados a viver, também! E essa mudança inclui a nossa vida profissional. Da noite para o dia, foi necessário realizar uma série de adaptações para dar continuidade às atividades corporativas. A presença nos escritórios foi substituída pelo home office, as reuniões presenciais deram espaço aos encontros virtuais, líderes e liderados estão se adaptando à nova rotina e não é incomum que, em alguns momentos, haja uma sensação de sobrecarga e, com ela, a dúvida diária é o que fazer para manter a motivação. 


Para tratar do tema “Motivação em tempos de pandemia”, o projeto Integra RH, promovido pela Rede UniFTC, realizará na quarta, dia 10, um workshop gratuito com o coach empresarial Joval Lacerda. Para participar, basta se inscrever em https://bit.ly/integra-rh.


O projeto que estreou na última quinta-feira, 4, com o webinar “Gerenciando as emoções e o estresse”, apresentada pelas psicólogas e fundadoras da KeyTalent – Aceleradora de Talentos, Camila Roxo e Elisa Chies. Com duração de cerca de 1h30, a palestra on-line pode ser assistida no canal da Rede UniFTC no Youtube: https://bit.ly/IntegraRH-GerenciandoEmocoes. 


O Integra RH, que se estende pelos próximos 4 meses, já tem programação fechada para o mês de junho. No dia 17, às 19h, será realizado o workshop: Gestão de Tempo: Como estabelecer uma rotina de trabalho em home office, com o Gestor de Carreiras Ítalo Lira.


No dia 25, também às 19h, a programação do mês será fechada com mais um webinar. A pauta dessa vez será Liderança Transformadora, com o treinador comportamental André Kaercher. Para participar de qualquer um dos encontros, basta se inscrever no site do IntegraRH: https://bit.ly/integra-rh. 

Parceria entre NTCPE e Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil promove capacitação online de forma gratuita

Uma parceria do Sebrae com o Núcleo Gestor da Cadeia Têxtil e de Confecções em Pernambuco (NTCPE) vai viabilizar este mês – do dia 10 ao dia 26 de junho – a realização de 10 Lives + 10 Webinars todos realizados pela equipe de consultores do Instituto Rio Moda para todos que atuam na área de confecções e moda. Os eventos serão gratuitos.


As lives ocorrerão no Instagram do Instituto (@institutoriomoda) e os webinars por meio dos link https://linktr.ee/ind_uacs, sempre às 20h. 


10/06 - Desafios do Marketing de Moda pós COVID-19 


12/06 - Gestão de Produção e Equilíbrio de Estoques 


15/06 - Conteúdo Digital como Rota de Retomada 


16/06 - Custos, Preço, Qualidade e Valor em Moda 


17/06 - Redes Sociais e Consumo Consciente 


18/06 - Data Science na Indústria da Moda 


19/06 - Gestão de Relacionamento com Clientes de Moda 


22/06 - Branding e Processo Criativo de Coleção 


25/06 - Marketing de Influência (de Verdade) em Moda 


26/06 - Estratégia e Processos Sustentáveis em Moda

André Ferreira aposta em Gilma Urquiza em Sirinhaém

O presidente estadual do PSC, deputado federal André Ferreira (PE), anunciou o apoio do seu partido à pré-candidatura de Gilma Urquiza (PL) à Prefeitura de Sirinhaém, cidade da Mata Sul do Estado, a 75 quilômetros do Recife. De acordo com o parlamentar, ela é o nome certo para que o município retome o crescimento perdido nos últimos oito anos, promovendo geração de emprego e renda e justiça social.


Esposa do ex-prefeito por dois mandatos Fernando Urquiza (2005-2012), Gilma terá um olhar especial para a juventude de Sirinhaém. Ex-secretária de Ação Social da cidade, filha de uma dona de casa e um barbeiro, que já passou por muitas dificuldades na vida, ela quer afastar os jovens das drogas e das más companhias através de um grande programa de qualificação profissional, que os prepare para o primeiro emprego.


“Esse será um grande desafio, a retomada dos empregos Em Sirinhaém. Nos últimos oito anos o município vem sofrendo em várias áreas. Na educação, quatro escolas foram fechadas. Na saúde, nada foi feito para combater o coronavírus. O turismo não está trazendo benefícios para a cidade. Ou seja, há muito trabalho e tenho a disposição para trazer de volta a dignidade ao povo de Sirinhaém”, pontuou Gilma Urquiza.


Com mais de dois mil votos nas eleições de 2018 no município, o deputado federal André Ferreira afirma que tinha um compromisso com Sirinhaém de apresentar um nome que pudesse levar o município a sair da estagnação econômica e social, e que essa pessoa é Gilma Urquiza.


“Tenho essa obrigação com Sirinhaém de entregar um nome da terra, que saiba como fazer para tirar o município da situação que está. Darei meu total apoio para levar Gilma à vitória e, quando eleita, ela pode ter a certeza de que terá um deputado federal para lutar pela cidade em Brasília”, afirmou André Ferreira, que contou com o apoio dela e de Fernando Urquiza nas eleições de 2018.

Mendonça crítica a Prefeitura do Recife por turbinar indústria da multa de trânsito com contrato milionário

A licitação milionária aberta pela Prefeitura do Recife, em meio a pandemia, para contratação de empresa que vai atuar na aplicação de multas de trânsito foi denunciada pelo ex-ministro Mendonça Filho, (DEM) em vídeo nas redes. "Não satisfeito com o aumento de 378% na cobrança, nos últimos quatro anos, o prefeito Geraldo Júlio vai gastar R$ 2 milhões com uma empresa privada para dar suporte na aplicação de multas de trânsito em plena pandemia", criticou.  


Mendonça tem denunciado em suas redes sociais e na Imprensa a indústria de multas no Recife. Antes da pandemia, fez vídeo com taxista e motorista de aplicativo relatando o drama diário de circular no Recife com medo de ser multado. Em 2019, o Recife bateu recorde na arrecadação de multas de trânsito. Foram R$ 98,2 milhões contra R$69 milhões de 2018. Em 2017 foram R$36,16 milhões e em 2016, R$25,96 milhões. 


"É absurdo que o PSB, num momento de fragilidade da população em isolamento social, gaste dinheiro para crescer a estrutura de cobrança de multas de trânsito", afirmou Mendonça. A empresa privada vencedora do pregão eletrônico conduzido pela CTTU poderá receber até R$ 2,1 milhões para dar suporte, apoio e controlar a fiscalização e o registro de ocorrências de trânsito.  


"A capital da Indústria da multa voltou com tudo e o recifense mais uma vez será o maior prejudicado. Em quatro anos o volume arrecadado pela PCR passou de R$25 milhões para R$98 milhões e continua sendo a cidade brasileira em que se perde mais tempo em deslocamento", lembrou Mendonça. A abertura das propostas do pregão eletrônico para escolha da empresa que vai turbinar a aplicação de multas no Recife está prevista para o dia 8 de julho às 10h. 

“Estou preparado para a data que for, para irmos para a disputa”, afirma Lero ao falar sobre eleições 2020

Especulações surgem entorno de um possível adiamento das eleições municipais deste ano devido os efeitos da pandemia do novo coronavírus, porém, a Justiça Eleitoral tem mantido o calendário e ainda não confirmou tal possibilidade. Enquanto isso, os prefeitos seguem em seus municípios, focados na luta pelo enfrentamento da propagação do vírus. 


Se preparando para lutar pela sua reeleição, o prefeito de Taquaritinga do Norte, Lero (PSB), foi questionado recentemente sobre a possibilidade do adiamento do pleito durante entrevista concedida para o Blog do Alberes Xavier.


"Nós temos nossas coligações, nossos partidos estão todos organizados, estamos trabalhando. No momento o que eu mais estou preocupado é com a saúde de nosso povo, preocupado com os serviços essenciais de Taquaritinga, para que continuem acontecendo”, ponderou o prefeito.


Lero afirmou ainda que está preparado para a disputa em qualquer cenário. "A respeito da eleição, eu acredito que ela vá acontecer e se acontecer nós estamos preparados para ir para a disputa. Se for adiada mais 20 ou 30 dias, esse é uma questão que só quem poder resolver é o Congresso. Então estou preparado para a data que for, para irmos para a disputa”, destacou.

Após polêmicas, em Goiana PRTB caminha com Walter da ETP

Os partidos são parte obrigatória das eleições para cargos políticos no Brasil. Um candidato só pode participar da disputa caso esteja filiado a um deles. Em Goiana, uma polêmica gira em torno do PRTB. 


No mês de abril, uma suposta nota da “Comissão Provisória do PRTB de Goiana”, circulou nos blogs políticos, reafirmando apoio ao DEM nas próximas eleições municipais, partido esse que compões a base de apoio ao governo municipal. A informação foi divulgada pela mencionada comissão provisória, no entanto sem muita repercussão. 


Em contrapartida, o diretório estadual do partido, também por meio de nota à imprensa, respondeu: 


“Em nenhum momento o PRTB estadual foi procurado para tratar da escolha do candidato a prefeito de Goiana. Não é verdade que houve qualquer conversa nesse sentido seja com o diretório estadual, nacional nem muito menos com o General Mourão. Nós no PRTB tomamos decisões através de conversas, de discursões, num português claro combinamos o jogo. Infelizmente isso não aconteceu em relação a comissão de goiana o que nos leva a tomar essa decisão de comunicar que não procede o publicado em vossa coluna e que no momento certo e da forma certa , decidiremos quem será o candidato a prefeito que iremos apoiar em Goiana”, afirmou Ednázio Silva – Presidente Estadual do PRTB.


Nesta terça-feira(09), o diretório estadual do partido, por meio do seu presidente Pr. Ednázio Silva, bem como do vice-presidente o Deputado Marco Aurélio, divulgou a nossa redação, que o PRTB irá caminhar com Walter da ETP nas eleições 2020. Uma vez que o acordo feito com Walter, é anterior ao que supostamente teria sido feito com o DEM. 


Mesmo sendo iniciante, Walter é um bom nome para a disputa. O empresário vem ganhando força no município. É referência empresarial no setor da educação básica e técnica e possui uma trajetória de dedicação e esforço em Goiana. 


A estadual do PRTB afirmou que o que existe em Goiana é uma “comissão provisória“, não tendo assim nenhuma autonomia para fazer esse tipo de fechamento e o partido sendo um partido que cumpre os acordos, permanecerá em apoio ao pré-candidato Walter da ETP.


Tal parceria foi firmada contando com o apoio irrestrito do Deputado Wanderson Florêncio-PSC, que sempre foi um incentivador para que houvesse essa junção.

Inclusão de novo Ginga em televisores está em consulta pública

Uma nova versão do middleware Ginga, o Ginga D, poderá ser incorporada em todos os aparelhos de TV com tela de cristal líquido (LCD) fabricados no Brasil. A proposta de alteração do Processo Produtivo Básico (PPB) dos televisores está em consulta pública aberta pelo Ministério da Economia (ME). As contribuições poderão ser feitas até o próximo domingo, dia 13, por meio dos endereços eletrônicos:


“A proposta da consulta pública é que até 2023 entre 90% e 100% dos televisores fabricados no Brasil já tenham essa nova tecnologia”, afirma o diretor de Ciência, Tecnologia e Inovação Digital do MCTIC, José Gontijo. A alteração segue um cronograma gradual, que começa a vigorar em 2021 com a inclusão da ferramenta eletrônica em 50% dos aparelhos de TV.


A incorporação do novo Ginga busca ampliar a oferta e o uso da interatividade na televisão digital. O diretor do MCTIC explica que atualmente os televisores produzidos no país já possuem o Ginga na versão anterior. “Estamos propondo a introdução de um software mais moderno dentro dessa padronização, que vai transformar a televisão em um computador”, reforça.


O Ginga D foi desenvolvido conjuntamente por radiodifusores, representantes do setor industrial e da comunidade científica. A nova versão do middleware permite mesclar conteúdos lineares, oferecidos via televisão digital, e conteúdos não-lineares, disponibilizados pelas emissoras via internet, por meio de suas plataformas digitais.


Com o novo Ginga, o telespectador poderá interagir com o conteúdo que recebe pela TV aberta e também obter outras informações pela internet. Entre as aplicações possíveis, poderá comprar uma roupa que está sendo exibida em uma novela ou ver informações adicionais sobre previsão de tempo, trânsito e saúde. 


O Ginga também tem aplicações de utilidade pública, como informações diretas ao telespectador sobre campanhas de vacinação, alertas de desastres naturais e assuntos de interesse comunitário. Além disso, permite a participação em pesquisas de opinião para a melhoria de serviços públicos.


A interatividade por meio do Ginga é uma das premissas do Sistema Brasileiro de Televisão Digital Terrestre (SBTVD-T), implantado no Brasil em 2006. O sinal digital de TV já é recebido por cerca de 130 milhões de brasileiros. Além disso, o acesso à internet banda larga aumenta progressivamente no país.


Pandemia


De acordo com José Gontijo, a possibilidade de interatividade oferecida pelo Ginga ajuda em situações como a vivida atualmente em consequência da pandemia da Covid-19. “A tecnologia é um dos eixos essenciais em crises como essa, pois possibilita conexão, interatividade e entretenimento.”

Prefeito do Paudalho, Marcelo Gouveia, solicita ao governador Paulo Câmara a abertura das igrejas após a retomada do comércio em Pernambuco

O prefeito do município de Paudalho, Marcelo Gouveia, solicitou na manhã desta terça-feira (09), em uma reunião entre gestores estaduais e municipais de Pernambuco, a autorização para que as atividades das igrejas comecem a ser retomadas na próxima semana, após a reabertura do comércio. O encontro ocorreu por meio de videoconferência e contou com a presença do Governador do Estado, Paulo Câmara, da Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe) e dos prefeitos e prefeitas da macrorregião de saúde que engloba a Região Metropolitana do Recife (RMR) e da Zona da Mata do estado. 


A reunião teve o objetivo de proporcionar o debate acerca de detalhes sobre o Plano de Convivência com a Covid-19, lançado pelo Governo do Estado no dia 1º de junho, projeto em que estão estipuladas etapas para o restabelecimento gradual e planejado da atividade comercial e dos serviços. Na chamada em vídeo, o diálogo teve foco na aplicação das medidas de flexibilização para o perfil socioeconômico específico de cada região e nos números da pandemia registrados nos municípios. Ainda durante esta semana, outras reuniões serão realizadas para que o afrouxamento das medidas restritivas ocorra de forma segura e sem maiores riscos da transmissão do coronavírus.

Celpe erra, cobra mais de R$ 15 mil de conta de luz, e ameaça cortar energia de casas e pousadas fechadas por pandemia, denuncia Eduardo da Fonte

Proprietários de pousadas e donos de residências em Fernando de Noronha procuraram o deputado federal Eduardo da Fonte (PP) e denunciaram a cobrança indevida nas contas de energia, com valores que chegaram a R$ 15.462,62. Os comerciantes e os moradores alegam que as leituras e o consumo elevado nunca aconteceram. Como o arquipélago estava em lockdown devido à pandemia do coronavírus, as pousadas estavam fechadas e o uso da energia correspondeu, em média, entre 15% e 20% do consumo usual. Além disso, a Celpe não realizou a leitura dos relógios e cobrou a tarifa com base no consumo médio, o que não corresponde ao verdadeiro consumo e prejudica os donos de pousadas. 


Após tomar ciência do fato, o deputado encaminhou à companhia uma solicitação para apurar o ocorrido. A Agência Nacional de Energia Elétrica (ANEEL) e o Ministério Público de Pernambuco também foram acionados.


“Esta é mais uma cobrança indevida da Celpe, abusos que venho fiscalizando e denunciando há mais de 13 anos. O Congresso Nacional e o Governo Federal estão trabalhando para amenizar os efeitos da crise para a população, enquanto isso, a Celpe não tem a menor sensibilidade e cobra dos comerciantes e das famílias uma fatura altíssima de uma conta que sequer foi feita a leitura. Vamos trabalhar para que a companhia corrija esse abuso”, afirmou Eduardo da Fonte.