Danilo Cabral propõe suspensão de cobrança de dívidas financeiras durante pandemia

O deputado federal Danilo Cabral (PSB) apresentou projeto de lei estabelece a suspensão a cobrança de dívidas financeiras, assim como a incidência de juros, multas e demais taxas, por parte de instituições financeiras de qualquer natureza, sobre pessoa física, durante a vigência de estado de calamidade pública. A medida se estende aos cartões de crédito. A proposta vai tramitar no âmbito das discussões de medidas que possam minimizar os efeitos da pandemia provocada pelo novo coronavírus no Congresso Nacional. 


“O Brasil vive uma expectativa de deterioração das condições econômicas e são os cidadãos comuns, em especial aqueles com menor capacidade financeira, as principais vítimas da crise. Então, essa é mais uma ação voltada para proteger as pessoas nesse período difícil”, explica Danilo Cabral. Ele acrescenta que, nesse ambiente, as dívidas, juros, multas e taxas cobradas por instituições financeiras sufocam o orçamento familiar. “Por isso, propomos que elas sejam suspensas temporariamente, até que as famílias possam se reorganizar”, diz. 


Essa é a segunda proposição apresentada por Danilo Cabral com foco na recuperação financeira das famílias. Na semana passada, ele apresentou um projeto que interrompe a negativação de pessoas físicas no período que vigorar o estado de calamidade pública. "Em crises dessa magnitude, em que todos sofrem suas consequências econômicas, os bancos devem ser chamados a darem sua parcela de contribuição”, justifica. 


Pela proposta se suspensão das dívidas, seria criado um dispositivo na Lei nº 4.595,da Reforma Bancária e do Sistema Financeiro Nacional. O novo artigo estabelece que, durante a vigência de calamidade pública, decretada pelo Congresso Nacional, será suspensa a cobrança de dívidas financeiras, assim como a incidência de juros, multas e demais taxas, por parte de bancos e instituições financeiras de qualquer natureza, sobre pessoa física. E determina que as suspensões referidas no art. 52-A se estendem aos cartões de crédito.  


Assinam como co-autores do projeto as deputadas e os deputados Lídice da Mata, Rosana Valle, Liziane Bayer, Felipe Carreras, Alessandro Molon, Luciano Ducci, Camilo Capiberibe, Mauro Nazif, Ted Conti, Denis Bezerra e Gervásio Maia.

“Quando secretário tive oportunidade de fazer a duplicação da BR-104 e também a PE-160 de Pão de Açúcar à Santa Cruz do Capibaribe”, destaca o deputado federal Sebastião Oliveira

Em entrevista ao programa Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios, o deputado federal Sebastião Oliveira (PL) avaliou o crescimento da economia no país, falou sobre sua atuação pela conclusão da BR-104 e comentou o crescimento do partido Avante no Estado.


“Estou sempre otimista, pois vejo que o país ultrapassou, em 2019, as reformas importantes e já há sinais claros de crescimento econômico do país. Tenho a impressão que em 2020, com a construção da Reforma Tributária, possamos ajudar os municípios que são o elo mais fraco da corporação no Pacto Federativo”, falou.


Sobre sua passagem pela Secretaria dos Transportes de Pernambuco, o deputado falou de algumas conquistas e elencou as principais ações desempenhadas por sua pasta. “Quando secretário tive oportunidade de fazer a duplicação da BR-104 e também a PE-160 de Pão de Açúcar à Santa Cruz do Capibaribe. Agradeço ao povo de Pernambuco e ao governador Paulo Câmara por ter me dado essas oportunidades”, frisou.


Aliado da prefeita Adriana Assunção, da cidade de Frei Miguelinho, o deputado destacou a administração da gestora e elencou emendas encaminhas ao município. “Adriana é uma prefeita séria e fizemos grandes parcerias quando secretário e como deputado. Enviei recursos de custeio para saúde pública e recentemente, um trator para arar terras para que os agricultores possam ter uma boa colheita e geração de renda”, disse.


Avante – Questionado sobre o papel de seu irmão a frente do partido Avante, o deputado exaltou a articulação de Waldemar Oliveira. “Em maio do ano passado meu irmão assumiu o Avante e desde então tem feito um grande trabalho de crescimento do partido. Acredito que nessas eleições de 2020, o partido sairá como um dos grandes no Estado com a eleição de bons quadros”, ressaltou.


Se ligue – O programa “Cidade em Foco” vai ao ar de segunda a sexta-feira: 11:00 hs, na Rede Agreste de Rádios, composta pelas Emissoras: Rádio Filadélfia FM (104,9), Farol FM (90,5), Rádio Cambucá FM (104.9), Rádio Vale FM (91.7), Redentor FM (104,9), Orobó FM (105.9), Potyra FM (87,9) e pela Internet: www.filadelfiafm.net ou através do www.blogdoalberesxavier.com

Senado vota hoje auxílio de R$ 600 para autônomos e informais

O Senado vota hoje (30) o pagamento de um auxílio emergencial por três meses, no valor de R$ 600, destinado aos trabalhadores autônomos, informais e sem renda fixa. O presidente da Casa, Davi Alcolumbre (DEM-AP), havia confirmado a data da votação em postagem no Twitter, na última sexta-feira (27).


Alcolumbre continua se recuperando após ser diagnosticado com o novo coronavírus. Quem tem comandado as sessões remotas é o vice-presidente, senador Antonio Anastasia (PSD-MG). A sessão está prevista para ocorrer às 16h. Antes, às 10h, os líderes se reunirão, também remotamente, para discutir outras votações prioritárias da semana.


Pelas manifestações de senadores nas redes sociais, a expectativa é que a medida seja aprovada sem objeções. Inicialmente, na primeira versão do relatório, o valor proposto era de R$ 500. Após negociações com o líder do governo, deputado Vitor Hugo (PSL-GO), o Executivo decidiu aumentar para R$ 600 e a proposta foi aprovada na Câmara dos Deputados na última quinta-feira (26).


O auxílio é voltado aos trabalhadores informais (sem carteira assinada), às pessoas sem assistência social e à população que desistiu de procurar emprego. A medida é uma forma de amparar as camadas mais vulneráveis à crise econômica causada pela disseminação da covid-19 no Brasil, e o auxílio será distribuído por meio de vouchers (cupons).


Agência Brasil

Bebê de menos de um ano com Covid-19 morre nos EUA

Por G1


Um bebê de menos de um ano de idade que estava infectado com Covid-19 morreu no sábado (28) em Chicago, no estado americano de Illinois, informou o Departamento de Saúde Pública estadual.


A diretora do departamento, Ngozi Ezike, afirmou que a causa da morte do bebê está sendo investigada. O estado não divulgou mais detalhes sobre a criança.


Nunca houve uma morte associada à Covid-19 em uma criança. Uma investigação completa está em andamento para determinar a causa da morte”, disse Ezike. “Devemos fazer tudo o que pudermos para impedir a propagação desse vírus mortal. Se não para nos proteger, mas para proteger aqueles ao nosso redor".


Grupo vulnerável


O relato de morte de crianças já tinha sido feito pela Organização Mundial de Saúde (OMS), que não deu detalhes sobre quantas foram afetadas e incluiu a ressalva de que esse perfil etário não está entre os mais atingidos pelo novo coronavírus.


Os estudos e levantamentos apontam que a taxa de letalidade é maior entre pessoas com mais de 60 anos e que já conviviam com outras doenças prévias.


"Esta é uma doença séria. Embora a evidência que temos sugira que aqueles com mais de 60 anos correm maior risco, jovens – incluindo crianças – morreram", disse o diretor-geral da Organização Mundial de Saúde (OMS), Tedros Adhanom Ghebreyesus, na segunda-feira (16).

Governador Paulo Câmara reúne-se com entidades empresariais para enfrentamento aos danos da Covid-19 na economiaE

Visando uma saída para minimizar medidas de combate à pandemia, chefe do Executivo promoveu encontro por teleconferência com nove representantes da iniciativa privada - setores do comércio, indústria, agricultura, hotelaria e bares e restaurantes foram ouvidos


O Governo de Pernambuco vem dialogando com o setor produtivo do Estado na busca por alternativas que minimizem os efeitos da crise econômica que ameaça o País, consequência das ações de isolamento necessárias ao combate do coronavírus. Para estreitar o contato com as principais entidades empresariais e reduzir os danos durante a pandemia, sobretudo para preservar os empregos, o governador Paulo Câmara realizou reunião por videoconferência, neste domingo (29), com nove entidades empresariais atuantes no estado.


O secretário de Planejamento, Alexandre Rebêlo, apresentou aos empresários um resumo da situação da pandemia e as medidas tomadas pelo Governo para o enfrentamento do novo cororavírus no Estado. Dentre os pleitos apresentados pelo empresariado ao chefe do Executivo, o principal é relativo às questões de isenção ou redução tributária. O governador informou aos participantes que o assunto será discutido no âmbito nacional, na próxima sexta-feira (03/04), também por teleconferência, durante a reunião do Conselho Nacional dos Secretários Estaduais de Fazenda – Consefaz.


"Estamos concentrados no que é mais emergencial. Nosso compromisso número um é salvar vidas. Mas assim como todo o setor produtivo estamos preocupados com os impactos dessa crise na economia. O que o Governo Federal apresentou até agora foi tímido e insuficiente. Precisamos focar na preservação dos empregos", afirmou o governador Paulo Câmara.


Os secretários Bruno Schwambach (Desenvolvimento Econômico), André Longo (Saúde), Alberes Lopes (Trabalho, Emprego e Qualificação), Antonio de Pádua (Defesa Social), Rodrigo Novaes (Turismo) e Décio Padilha (Fazenda) participaram da reunião. O encontro aconteceu dois dias depois de um primeiro contato, na sexta-feira, realizado pela Secretaria de Desenvolvimento Econômico – SDEC com representantes das principais entidades da indústria e do comércio em Pernambuco. A SDEC encabeça o “Comitê de Articulação Estratégica” formado para articular ações conjuntas de enfrentamento aos efeitos da Covid-19 na economia.


Por parte da iniciativa privada, participaram do encontro representantes da Câmara de Dirigentes Lojistas – CDL, Federação das Indústrias do Estado de Pernambuco – Fiepe, Federação do Comércio de Bens, Serviços e Turismo do Estado de Pernambuco – Fecomércio/PE, Associação de Empresas do Mercado Imobiliário de Pernambuco – Ademi, Sindicato da Indústria da Construção Civil no Estado de Pernambuco – Sinduscon, Federação da Agricultura do Estado de Pernambuco-Faepe, Associação Brasileira da Indústria de Hotéis-ABIH, Associação Brasileira da Indústria de Hotéis em Porto de Galinhas-ABIH e Associação Brasileira de Bares e Restaurantes-Abrasel.

DUDU DA FONTE MAIS FORTE - Carlinhos da Cohab anuncia filiação ao PP e volta a defender candidatura única em torno de Fernando Aragão em Santa Cruz do Capibaribe

O vereador Carlinhos da Cohab (PTB) utilizou seu programa veiculado pela Rádio Santa Cruz FM, para anunciar que estará se filiando ao Partido Progressista (PP), que apoia a pré-candidatura de Fernando Aragão em Santa Cruz do Capibaribe nesta próxima semana.


O parlamentar falou sobre a especulação de que estaria sendo cogitado a se filiar ao Partido Socialista Brasileiro (PSB), e que iria abandonar o projeto político de Fernando Aragão. “Várias pessoas denegriram minha imagem essa semana, dizendo que eu iria abandonar Fernando. Afirmo que essa semana estarei me filiando ao PP, espero que coloquem uma pedra nessas especulações”, disse.


“Vi muitas conversas em grupos de Whatsapp e na Rádio Polo FM, que dizia que Carlinhos ia se filiar ao PSB. É um partido que tem trabalho na cidade através do deputado Diogo Moraes e de Paulo Câmara. O PP também tem um histórico de trabalho aqui com o deputado federal Eduardo da Fonte e os ex-vereadores Dimas Dantas e Natálio Arruda”, pontuou.


Sobre as duas pré-candidaturas que o grupo Taboquinha tem debatido na cidade, o vereador se mostrou confiante com uma unificação das lideranças. “Espero que Deus dê sabedoria pra gente unificar o partido e ganhar as eleições, porque essas mazelas que são lideradas por Edson Vieira devem sair de Santa Cruz do Capibaribe. Respeito as duas pré-candidaturas e gosto de Fernando e de Helinho, de coração, me sinto mal com essas divergências e tenho certeza que tudo será resolvido”, falou.

Covid-19: sobem para 116 o número de mortes no Brasil

Por G1


Um jovem de 26 anos morreu na noite de ontem , em São Paulo com coronavírus, segundo a assessoria de imprensa do Hospital Santa Cruz. Ele estava internado na unidade desde o dia 23 de março com problemas respiratórios.


Durante a tarde, o Ministério da Saúde informou que havia 84 mortes pelo novo coronavírus no estado de São Paulo. Após o balanço, a morte de um aluno da USP, de 56 anos, também foi confirmada. Com esses dois novos casos, subiu para 86 o número de óbitos em SP. No Brasil, são 116 mortes.


O Hospital Santa Cruz informou na noite do sábado (25) que a vítima de 26 anos estava em tratamento para hiperuricemia, quando há presença de altos níveis de ácido úrico no sangue, e que procurou o Pronto Socorro da unidade com quadro de síndrome respiratória grave.


"Sua tomografia de tórax revelou padrão compatível com pneumonite viral e, frente a possibilidade de caso suspeito de Covid-19, foi isolado e testado para PCR para SARS-CoV-2, com resultado positivo após 24 horas", diz a nota do hospital.


Casos no Brasil


São Paulo é o estado que concentra o maior número de casos de coronavírus no país, segundo o Ministério da Saúde. São 1.406 infectados entre os 3.904 casos confirmados no Brasil. A taxa de letalidade no país é de 2,8%.


Neste sábado, o ministério teve segundo maior aumento diário de casos confirmados no Brasil até agora. Na sexta-feira (27), foram 503 novos casos.


De acordo com o Ministério da Saúde, até as 15h, havia 569 pessoas internadas com confirmação para Covid-19 no país. O números consideram as pessoas cujos resultados dos testes já foram apresentaram e testaram positivo. O número não considera casos suspeitos.


Isolamento social


O ministro da saúde, Henrique Mandetta, mudou neste sábado (28) o tom novamente de suas declarações sobre isolamento social. Na quarta-feira, ele tinha ajustado o seu discurso ao do presidente Jair Bolsonaro, contrário a um isolamento mais geral e favorável ao isolamento apenas de doentes crônicos e de idosos e pessoas de 60 anos e mais

EXCLUSIVO - Pastor Eurico é confirmado como o primeiro caso de coronavírus entre deputados federais de Pernambuco

O deputado federal e presidente estadual do PATRIOTA em Pernambuco, Pastor Eurico, confirmou com exclusividade ao Blog do Alberes Xavier, que testou positivo para o COVID-19. 


O deputado, que é Pastor da Assembleia de Deus Pernambuco, exerce o seu terceiro mandato na Câmara Federal. O mesmo, tem 57 anos e apresenta sintomas como febre, calafrios e um pouco de tosse. 


Pastor Eurico encontra-se em quarentena, e sua esposa Irmã Lígia, também aguarda resultados de exames para confirmar se foi infectada com o vírus.

Prefeito Clebel Cordeiro confirma sua pré-candidatura a prefeito de Salgueiro, PE

Na tarde desta sexta-feira (27), o dia "D" aconteceu, depois de anunciar por muitas vezes, que não ia ser mais candidato a prefeito, falando por várias entrevistas e a (vários) veículos de comunicação, inclusive ao Programa Política em Foco do comunicador Maurício Ribeiro. 


Em uma reunião com vereadores da situação, presidentes de partidos e lideranças políticas, em portas fechadas, Clebel Cordeiro anuncia sua pré-candidatura a reeleição.

“A gente se sente feliz”, afirma Edson Vieira ao comentar possibilidade de retorno do vereador Ronaldo Pacas ao grupo boca-preta

O prefeito de Santa Cruz do Capibaribe e líder do grupo boca-preta, Edson Vieira (PSDB), parece realmente está de braços abertos para o retorno do vereador Ronaldo Pacas (PR) ao seu projeto político. Ronaldo, se distanciou do grupo boca-preta durante as eleições de 2018, quando optou pelo apoio à candidatura do deputado estadual Diogo Moraes (PSB). 


Porém, com a confirmação da pré-candidatura a prefeito de Dida de Nan (PSDB), que conta com apoio do prefeito Edson Vieira e a falta de unidade do grupo taboquinha entorno de um único projeto rumo as eleições 2020, especulações dão conta de que Ronaldo Pacas deverá de fato retornar ao palanque do grupo que lhe garantiu duas candidaturas a Casa José Vieira de Araújo. 


Durante entrevista ao Blog do Alberes Xavier, o prefeito Edson Vieira admitiu a possibilidade do retorno do vereador a sua base. "A gente teve uma divergência na eleição de deputado, mas superamos isso agora, que conversamos. Está encaminhado, falamos o que tinha acontecido, talvez tenha sido um momento infeliz de ambas as partes”, avaliou o gestor.


O prefeito confirmou que esteve conversando com o vereador e que tudo foi passado a limpo. "O mais importante é que a gente conversou, colocou as coisas a limpo, sem nenhuma mágoa, sem nenhuma radicalização. Se concretizando a vinda de Ronaldo, a gente se sente feliz em poder aumentar a nossa bancada, em poder estar trabalhando com união dentro do grupo”, afirmou o prefeito, que ainda celebrou o sucesso da pré-candidatura de Dida de Nan, "Você ver um grupo totalmente unido, coeso, com uma pré-candidatura de gente como a gente, do povo, uma pré-candidatura que conhece as pessoas”, disse.


Se ligue – O programa “Cidade em Foco” vai ao ar de segunda a sexta-feira: 11:00 hs, na Rede Agreste de Rádios, composta pelas Emissoras: Rádio Filadélfia FM (104,9), Farol FM (90,5), Rádio Cambucá FM (104.9), Rádio Vale FM (91.7), Redentor FM (104,9), Orobó FM (105.9), Potyra FM (87,9), Vertentes FM (104.9) e pela Internet: www.filadelfiafm.net ou através do www.blogdoalberesxavier.com