Pernambuco antecipa pontos do Plano de Convivência com a Covid-19

Em diálogo com representantes de setores econômicos, Governo de Pernambuco modifica datas de reabertura de alguns setores, por não apresentarem riscos à saúde dos trabalhadores 


O Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19, apresentado na última segunda-feira (01.06), passará por ajustes para as próximas semanas. Parte dos 32 setores que voltarão a operar ao longo das 11 etapas previstas teve o cronograma antecipado ou sofreram alterações nas regras de funcionamento, para contemplar as especificidades de cada segmento. A partir de segunda-feira (08.06), além da reabertura do comércio atacadista, a construção civil voltará a funcionar com 50% de seu efetivo em horário livre, e não mais das 9h às 18h, como planejado anteriormente. Shopping centers também poderão oferecer o serviço de coleta por drive thru nos estacionamentos uma semana antes do previsto.


Clínicas e consultórios médicos, odontológicos e veterinários, óticas, clínicas de fisioterapia e de psicologia, que retornarão às suas atividades no próximo dia 10. Antes, as atividades não possuíam data definida. Todas as orientações sobre os protocolos gerais e específicos a serem cumpridos pelas empresas, de forma a evitar a propagação da coronavírus, podem ser acessadas no site oficial www.pecontracoronavirus.pe.gov.br.


A reabertura gradual do varejo para lojas de até 200 metros quadrados funcionará ao mesmo tempo para todo o comércio do Estado, no Centro e nos bairros. Esses estabelecimentos estão autorizados a reabrir a partir do dia 15 de junho. Serviços de venda, locação e vistoria de veículos, que seriam retomados a partir da fase 4.4, também voltarão a funcionar na mesma data. 


Salões de beleza e serviços de estética, cujo atendimento estava previsto para começar a partir do dia 15, continuam sem alterações. Esses estabelecimentos precisarão atender um cliente por vez, por agendamento, sem fila de espera e com higienização entre um cliente e outro, além de obedecer ao distanciamento de, pelo menos, 1,5 metro entre clientes. A partir da mesma data também poderão ocorrer os treinos de futebol profissional.


As mudanças são fruto de um diálogo constante com as representações empresariais e estão de acordo com as normas de segurança no ambiente de trabalho, acertadas seguindo orientações do Comitê Socioeconômico de Enfrentamento ao Coronavírus do Governo de Pernambuco. O Plano de Convivência das Atividades Econômicas com a Covid-19 considera, prioritariamente, a relevância socioeconômica dos setores e os riscos que o retorno de cada atividade pode representar para a saúde da população. 


A primeira etapa foi iniciada na última segunda-feira (01.06), com a liberação da operação de lojas físicas de material de construção, seguindo novos protocolos de atendimento, e com funcionamento exclusivamente por delivery do comércio não essencial, que esteve restrito nos 15 dias de intensificação da quarentena.


De acordo com o secretário de Desenvolvimento Econômico de Pernambuco, Bruno Schwambach, há um esforço do Comitê Socioeconômico em ouvir permanentemente as lideranças setoriais para que o plano avance sem ampliar os riscos à população. O restabelecimento escalonado das atividades econômicas e a circulação de pessoas estarão sob avaliação, e o cumprimento do cronograma depende do comportamento das curvas de contaminação e de mortes provocadas pelo novo coronavírus.


Atualmente, um grupo formado por agentes da Secretaria de Saúde de Pernambuco, em parceria com o Laboratório de Imunopatologia Keiso Asami (Lika), da Universidade Federal de Pernambuco (UFPE), além do Porto Digital, mantém atualizado o mapa do impacto da pandemia em todo o Estado.


MONITORAMENTO REGIONAL - O Governo de Pernambuco está construindo, em conjunto com as prefeituras e a Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), uma forma de regionalizar o cronograma de reabertura das atividades econômicas. Para isso, será analisada a evolução da Covid-19 nas quatro macrorregiões de saúde do Estado (Região Metropolitana do Recife e Zona da Mata, Agreste e as duas regionais que dividem o Sertão pernambucano). No momento, as tratativas estão sendo conduzidas pelo governador Paulo Câmara com os prefeitos.


A matriz de alerta e riscos de Pernambuco, definida pela Secretaria de Saúde, está atualmente definida em cinco níveis decrescentes, sendo o nível 5 o mais grave (crescimento do ritmo de contágio) e nível 1 o mais ameno (designado de “novo normal”). Na escala, o nível 4 representa a estabilização do ritmo de contágio, que era o resultado esperado pelo Governo do Estado para depois do período de intensificação da quarentena. Em seguida, nos níveis 3 e 2, estão a redução, de fato, do número de casos de contaminação.


DECRETOS E OUTRAS MEDIDAS - As medidas adotadas pelo Governo de Pernambuco para combater a disseminação do novo coronavírus começaram em 14 de março, com decretos restritivos a eventos e áreas de aglomerações, que seguem em vigor para combate eficaz da pandemia. O acompanhamento das medidas e demais determinações relacionadas ao tema pode ser feito em tempo real pelo site https://www.pecontracoronavirus.pe.gov.br.


Sudene realiza webinar sobre reúso de água

A série de três eventos online abordará tecnologias integradas, com foco em estratégias de convivência com o semiárido.


No Dia Mundial do Meio Ambiente, comemorado hoje, a Sudene lança uma série de webinars com foco em desenvolvimento sustentável. A primeira reunião será no dia 9 de junho, às 16h, e os interessados deverão acessar a página da Sudene no Youtube. A proposta é ampliar e disseminar as discussões sobre reúso de águas cinzas domiciliares, integrado a atividades produtivas e tendo como referência o Sistema Bioágua Familiar. Na ocasião, será apresentada a experiência de projeto sobre o tema central da webinar, desenvolvido entre Sudene e Embrapa Semiárido.


Os palestrantes são Fábio Santiago, Engenheiro Agrônomo (ATOS) e Roseli Freire de Melo, Pesquisadora da Embrapa Semiárido. Victor Uchôa Ferreira da Silva, Coordenador de Desenvolvimento Territorial, Infraestrutura e Meio Ambiente (CGDS/DPLAN/Sudene) será o moderador. Fazem parte do público alvo técnicos; gestores e servidores de órgãos públicos; das secretarias estaduais e municipais; professores; pesquisadores e estudantes de institutos e universidades; agricultores; trabalhadores de organizações sociais; representantes de empresas de impacto social; e profissionais que atuam na área de responsabilidade socioambiental.

 

A série de eventos online retoma “a realização de eventos presenciais denominados Café com Sustentabilidade, iniciados em 2015, com a intenção de promover espaços de discussão e levantamento de soluções inovadoras sobre a temática do desenvolvimento sustentável”, enfatiza Victor Uchôa Ferreira da Silva.

 

Projetos

 

A Coordenação-Geral de Promoção do Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (CGDS) da Sudene, responsável pela organização do evento, irá divulgar, entre os participantes, a chamada pública para apoio de projetos de implantação de sistemas de reúso de águas cinzas domiciliares no Semiárido, com a instalação de unidades demonstrativas integradas a sistemas produtivos. Essa é uma das linhas de ação do Programa de Tecnologia e Inovação para Convivência com o Semiárido.

 

A chamada pública será disponibilizada na Plataforma Mais Brasil e o recebimento de propostas teve início no dia 03 de junho, seguindo até o próximo dia 23. O valor total disponibilizado pelo programa é de R$ 1.063.000,00, dos quais R$ 563.000,00 são recursos de natureza de custeio e R$ 500.000,00 de investimento. O valor médio de repasse da Sudene, por projeto, é de R$ 530.000,00, composto, aproximadamente, por R$ 280.000,00 de custeio e R$ 250.000,00 de investimento. O prazo máximo de execução da proposta não deverá ser maior que 24 meses.

 

As propostas serão analisadas pelas Coordenações de Desenvolvimento Territorial, Infraestrutura e Meio Ambiente (CODEM) e de Promoção do Desenvolvimento Sustentável e Meio Ambiente (CGDS), ligadas à Diretoria de Planejamento e Articulação de Políticas da Sudene.

 

Os critérios de seleção das propostas incluem alinhamento às diretrizes do programa “Tecnologia e Inovação para Convivência com o Semiárido” – Reúso de Águas Cinzas; alinhamento à estratégia territorial da Sudene (Cidades/Regiões Intermediárias); abrangência no território; valor do projeto (custo x benefício); número de Famílias beneficiadas; articulação com parceiros e outras políticas públicas. 

Mendonça: informação da Anvisa confirma denúncia de respiradores testados em porcos

O ex-ministro Mendonça Filho afirmou que a nota técnica enviada pela Agência de Nacional de Vigilância Sanitária para a Polícia Federal, informando que os 500 respiradores pulmonares comprados pela Prefeitura do Recife não podem ser utilizados em humanos e não tem autorização para ser vendido no País comprovam a gravidade das denúncias feitas por ele ao Ministério Público Federal e a Controladoria Geral da União. “A nota técnica enviada pela Anvisa para a Polícia Federal mostra total descaso da gestão Geraldo Júlio com a saúde das pessoas. Comprar equipamento só testado em porcos e proibido de comercializar para humanos é inaceitável. Um crime contra a vida”, criticou. 


Segundo Mendonça, a gestão da pandemia pelo Governo do Estado e pela Prefeitura é desastrosa e coloca em risco a vida das pessoas. “Já são mais de 90 dias de crise na saúde, que continua com leitos fechados nos hospitais de campanha por falta de equipamentos como respiradores”, afirmou, ressaltando que a Prefeitura do Recife continua atrapalhada na compra de outros respiradores. Mendonça considera que o distrato do contrato e a devolução relâmpago do dinheiro, para se livrar das investigações, não anulam os atos irregularidades, nem a falta de compromisso com as pessoas que aguardam leito de UTI ou que deixaram de ser salvas por falta de assistência à saúde. 


Mendonça Filho denunciou o contrato com a Juvanete Barreto Freire aos órgãos de controle e fiscalização, por causa do perfil da empresa - capital social de R$ 50 mil, criada há sete meses e o comércio de produto veterinário como atividade principal - e o gritante desencontro de informações nos sites da Prefeitura do Recife, como valores diferentes, contratos com páginas faltando. Desde que a denúncia veio à tona, o caso teve vários capítulos como a de que os respiradores não tinham aval da Anvisa, não foram testados em humanos e estavam em fase experimental em porcos. 


A Prefeitura anunciou o cancelamento da compra dos respiradores em tempo recorde. Em menos de 24 horas fizeram o destrato e a devolveram 35 ventiladores pulmonares ao representante da empresa no Recife. O caso está sendo investigado pela Polícia Federal na Operação Apneia.

Amupe e UVP discutem duodécimo, eleições e coronavírus

O presidente da  Associação Municipalista de Pernambuco (Amupe), representando os prefeitos e prefeitas pernambucanos, participou ontem, 04/06, de reunião com a diretoria da União dos Vereadores de Pernambuco (UVP). Na pauta do encontro, o repasse do duodécimo para as câmaras municipais, o possível adiamento das eleições e questões relacionadas a retomada da economia em pernambuco.


A reunião serviu para aproximar ainda mais os poderes municipais e trazer harmonia entre eles. Para o diretor do conselho fiscal da UVP, o também vereador de Custódia, Cristiano Dantas, “o que aconteceu hoje foi uma reafirmação da relação entre UVP e Amupe com um só intuito, o de promover a melhoria de vida para a população pernambucana por meio de assunto de interesse público e que afetam diariamente a vida das pessoas, a exemplo da pandemia causada pelo coronavírus e seus impactos”, frisou. 


Quanto à questão do duodécimo, o presidente da Amupe, José Patriota, que também é prefeito de Afogados da Ingazeira, no Sertão, afirmou que "ficou acordado entre as duas entidades o levantamento e a entrega de uma planilha com os gastos de todas as câmaras municipais e, aquelas que tiverem caixa, devolverão o dinheiro as prefeituras para ser usado no combate à covid-19. É importante deixarmos as questões políticas de lado, o diálogo é fator importante para vencermos esse vírus", completou. 


Pela pessoa do vereador Cristiano Dantas, a UVP concorda que existem situações diferenciadas da proliferação do vírus em diferentes regiões de Pernambuco. “Há de se haver uma abertura gradual e com periodicidade diferente nas regiões que possuem particularidades opostas à Região Metropolitana. Aqui no alto Sertão o problema está começando a atingir seu pico, enquanto na Capital, segundo o governo do Estado, a curva está em tendência de estabilização”, completou. 


Além do presidente da Amupe, José Patriota, e do vereador Cristino Dantas, participaram da reunião os vereadores e diretores da UVP: Léo do Ar, presidente da Câmara de Gravatá; Jorge Luís, de Chã Grande; Naílson Gomes, de Serra Talhada; Manoel Enfermeiro, presidente da Câmara de Serra Talhada; Antônio Henrique, vice-presidente da UVP e presidente da Câmara de Sertânia; e Gilvan da Malhadinha, de Cumaru.  

Deputado apresenta PL que exige telas de proteção em locais de áreas vulneráveis à quedas e acidentes

Pastor Cleiton Collins destaca que o Projeto de Lei obriga as administrações condominiais utilizarem as proteções nos locais de áreas comuns dos prédios que deixem as pessoas em risco.


Após Miguel Otávio Santana da Silva, um garoto de 5 anos morrer, na última terça-feira (2), após cair do 9º andar de um prédio no bairro de São José, no Centro do Recife, e para que isso não volte a acontecer e assim ampliar a segurança e integridade de todos em locais de áreas comuns dos prédios que deixem pessoas vulneráveis à quedas e acidentes, o deputado estadual Cleiton Collins, apresentou um Projeto de Lei que tem por finalidade obrigar as administrações condominiais a instalarem telas de proteção.


A proposta ainda relata que serão protegidas por telas ou grades todas as localidades nas edificações que possam ocasionar a queda de pessoas, sejam no hall social entre os apartamentos, em áreas de resguardo de máquinas e outras semelhantes.


Os condomínios que descumprirem a Lei ficarão sujeitas a multa que será fixada entre R$ 10.000,00 (dez mil reais) e R$ 15.000,00 (quinze mil reais), graduada de acordo com o porte do edifício.


Live promove bate-papo sobre a segurança dos alimentos em período de pandemia

Neste período de pandemia é fundamental ficarmos atentos às estratégias para manter a segurança dos nossos alimentos e proteger a nossa casa contra o novo coronavírus. A nutricionista e tecnóloga em alimentos e coordenadora do curso de Nutrição da UniFTC Juazeiro, Sibery dos Anjos, abordou o assunto na live “Segurança dos alimentos: Estratégias em Período de Pandemia” na última quinta-feira (28).


O bate-papo iniciou com a professora falando sobre a importância da higienização dos alimentos. “Segurança dos alimentos nada mais é do que o alimento seguro, e que não vai causar danos a integridade e saúde do consumidor”, conta Sibery. Ela ainda explica que para uma eficiente higienização, de acordo com a Organização Mundial da Saúde(OMS), as soluções desinfetantes capazes de combater o coronavírus devem ser a base de hipoclorito de sódio, água oxigenada, álcool 70%, amônia quaternária e compostos fenólicos. “Observar o rótulo do produto é muito importante para ver a concentração do cloro ativo, se aquela substância pode ou não ter contato com os alimentos. O mal uso destes componentes podem causar intoxicação”, explica a nutricionista. 


A professora Sibery dos Anjos ainda ensinou que devemos fazer um planejamento para realizar as compras. “Em primeiro lugar devemos ressaltar que precisamos evitar sair de casa. Diversas formas de contaminação são contraídas nos supermercados, pois é um local onde transitam pessoas o tempo todo e constantemente tocam nas embalagens. Mas quando for necessário fazer compras, devemos adotar todas as medidas de segurança pré e pós contato com os alimentos”. Além disso, a professora indicou que o ideal é transportar as sacolas com os alimentos sempre no porta malas e não na parte interna do veículo. 


E ao chegar em casa, o que fazer com nossos alimentos? Em primeiro lugar, as sacolas plásticas devem ser descartadas e as compras deixadas em um lugar específico para a higienização com água e sabão ou álcool 70%. Mas, por que é tão importante esse processo de limpeza? De acordo com Sibery, essa rotina deveria ser constante, independente da pandemia do coronavírus. “Com esse processo estaremos retirando poeiras, terra, fezes de insetos, etc, são as chamadas sujeiras invisíveis”, conta a professora. 


Outro ponto importante abordado na live foi sobre a higienização dos ovos. Eles devem ou não ser limpos antes de armazenados? De acordo com a nutricionista, começamos pela bandeja dos ovos. “Aquele recipiente é altamente contaminado. Até chegar em nossa casa, ele esteve em muitos lugares acumulando resíduos diversos e a contaminação microbiana do que vem na casca do ovo. Por isso, ao chegar em casa, nada de colocar os ovos direto na geladeira, devemos descartar aquela bandeja e colocá-los em porta ovos com tampa”, explica a professora.


Em relação ao local em que os ovos devem ficar guardados, a nutricionista orienta que fiquem na geladeira e não fora, pois eles podem deteriorar mais rápido. Outra questão levantada foi sobre lavar ou não o ovo, já que durante a pandemia é necessária a higienização de todos os alimentos. “Não lavamos os ovos para guardá-los, apenas trocamos a bandeja por um recipiente limpo e que feche bem. Se eles forem lavados, a película protetora do alimento será retirada e impurezas externas podem entrar dentro do ovo enquanto ele fica na geladeira. O ideal é lavá-lo com água corrente assim que for consumir ou utilizar em alguma preparação”, conta Sibery. 


Para finalizar, a professora explicou sobre as medidas de segurança que devem ser adotadas ao receber comidas delivery. “Em primeiro lugar todos devem receber essa comida de máscara, tanto o cliente quanto o entregador, efetuar o pagamento online ou dar preferência ao uso de cartões. Assim que entrar em casa, descartar a embalagem, higienizar as mãos e a embalagem que veio o alimento e transferir a refeição para outro recipiente. Outra opção é, caso o alimento possa ser ingerido quente, colocá-lo no forno a 70 graus por pelo menos 5 minutos. Temperatura e tempo suficiente para matar o vírus que possa estar em contato com o alimento, segundo a OMS, que serão eliminados com o calor”, destacou a nutricionista. 

Barreiras sanitárias foram montadas no Distrito de Pão de Açúcar

Quem chega ao Distrito de Pão de Açúcar é abordado por profissionais de saúde devidamente equipados, tem seu veículo desinfectado, mãos higienizadas com álcool 70% e recebe orientação de prevenção ao novo coronavírus.


Os trabalhos começaram na manhã desta quarta-feira (03), em pontos estratégicos do Distrito e a ação tem o intuito educativo e preventivo, contribuindo para que não haja proliferação do vírus na Capital da Camisaria. A Guarda Municipal está acompanhando as equipes de saúde e fazendo o trabalho acontecer de forma positiva, pensando no bem estar de quem chega e de quem sai da localidade todos os dias. 

Prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe distribui máscaras faciais para servidores públicos municipais

Durante esta primeira semana de junho, a prefeitura de Santa Cruz do Capibaribe, por meio da Secretaria Executiva de Administração, iniciou a entrega de cinco mil máscaras faciais laváveis (equipamento de proteção individual), aos servidores públicos do município.


A finalidade da ação é proteger o colaborador, evitar a propagação do novo Coronavírus (Covid-19) entre servidores e consequentemente, evitar o contágio da população. Cada funcionário público recebeu duas máscaras e está comprometido a usar o instrumento no seu ambiente de trabalho.


Cristiane Souza, Secretária de Governo e Desenvolvimento Social falou da iniciativa. “Mais uma atividade importante da gestão, dessa vez direcionada ao funcionário público municipal. Uma forma de proporcionar comodidade e segurança ao servidor, dentro e fora de seu ambiente de trabalho”, pontuou a secretária.  


Os utensílios estão sendo distribuídos nas secretárias de Saúde, Educação, Governo e Desenvolvimento Social, Desenvolvimento Econômico e Agricultura, Desenvolvimento Urbano, Defesa Social, Planejamento e Gestão de Pessoas, Receita Municipal, executivas de Mobilidade Urbana e Comunicação, Extraordinária de Habitação e Serviços Públicos, além dos departamentos do prédio da prefeitura, Santa Cruz Prev, Controladoria e Procuradoria Geral do Município.  

Governo Federal vai ao encontro de projeto de Eduardo da Fonte e anuncia que vai estender o auxílio emergencial

O governo federal anunciou na noite desta quinta-feira (4) que o auxílio emergencial terá mais duas parcelas. Com isso, o pagamento deve ser estendido até o mês de agosto. O anúncio está em sintonia com o PL 2550/20, do deputado federal Eduardo da Fonte (PP), que estende por mais seis meses o pagamento do auxílio emergencial: até 31 de dezembro deste ano, data final do período de calamidade pública por causa do coronavírus.


“Estamos trabalhando desde o início da pandemia para que este benefício seja estendido enquanto durar a pandemia. Esse dinheiro é muito importante para ajudar milhões de famílias por todo o Brasil. O aumento do consumo dessas pessoas vai dar um novo fôlego para a economia e vai ajudar o País a sair dessa crise” afirmou o deputado.


O projeto de Eduardo da Fonte conta com amplo apoio na Câmara dos Deputados. Pelo menos 273 parlamentares manifestaram-se favoráveis ao projeto. O deputado também apresentou outro projeto de lei que trata sobre distribuição de renda, o PL 3023/20 cria o Programa Renda Básica Brasileira e prevê o pagamento mensal e permanente de R$ 600 para os inscritos no benefício, além da unificação das ações de transferência de renda do Governo Federal, como Bolsa Família, Bolsa Verde, Programa de Erradicação do Trabalho Infantil e Seguro Defeso.

“A história de Biu Abreu ao lado do prefeito vem desde 2008 e sempre demostrou ser uma pessoa confiável, sem ambição pelo poder”, destaca Paulo Pinto

Presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Orobó comenta enfrentamento à Covid-19, agradece emendas de Carlos Veras e destaca pré-candidatura de Biu Abreu


O presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais de Orobó, Paulo Pinto (filiado ao PT), foi entrevistado pelo programa Cidade em Foco da Rede Agreste de Rádios e falou sobre sua aliança com o deputado federal Carlos Veras (PT), e exaltou o nome do pré-candidato a prefeito Biu Abreu.


O presidente destacou que o Sindicato está funcionando de forma limitada e que tem conscientizado o público a permanecer em casa. “Estamos orientando as pessoas que utiliza os serviços do Sindicato e que geralmente são pessoas idosas, a manter o isolamento social como preconiza as organizações de saúde. Estamos trabalhando, mas de forma organizada e mantendo todos os protocolos possíveis”, comentou.


Paulo Pinto também exaltou sua parceria com o deputado federal Carlos Veras (PT), e elencou emendas destinadas ao município. “Com nosso amigo Carlos Veras conseguimos uma emenda de 600 mil reais para custeio da saúde pública e já temos garantido mais R$ 450 mil, que está aguardando apenas a liberação para ser destinada ao Hospital Severino Távora, demostrando seu cuidado com o povo oroboense”, frisou.


O presidente do Sindicato citou também sua parceria com o Governo Municipal do prefeito Cléber Chaparral e agradeceu pela liberação de recurso aos agricultores. “Fomos agraciados com o pagamento do Seguro Safra pelo prefeito dos anos de 2018 e 2019, o que irá ajudar na economia local e servirá também como uma injeção nas contas dos agricultores neste período de pandemia”, ressaltou.


Por fim o presidente do Sindicato dos Trabalhadores Rurais comentou sobre a pré-candidatura do vice-prefeito Biu Abreu (PSD). “A história de Biu Abreu ao lado do prefeito vem desde 2008 e sempre demostrou ser uma pessoa confiável, sem ambição pelo poder e aprendeu todos os caminhos, se de fato for disputar a eleição e vencer, terá nosso apoio e tenho certeza que dará continuidade ao trabalho do prefeito Chaparral”, encerrou Paulo Pinto.


Se ligue – O programa “Cidade em Foco” vai ao ar de segunda a sexta-feira: 11:00 hs, na Rede Agreste de Rádios, composta pelas Emissoras: Rádio Filadélfia FM (104,9), Farol FM (90,5), Rádio Cambucá FM (104.9), Rádio Vale FM (91.7), Redentor FM (104,9), Orobó FM (105.9), Potyra FM (87,9), Vertentes FM (104.9) e pela Internet: www.filadelfiafm.net ou através do www.blogdoalberesxavier.com