Pré-candidatura de Marcelo Rodrigues vem ganhando força dentro do PT

De passagem por Caruaru, o deputado federal Carlos Veras (PT) se reuniu com membros do Partido dos Trabalhadores na manhã deste sábado (11). Entre eles estavam o presidente da sigla Leo Bulhões, o vereador Daniel Finizola (PT) e o pré-candidato a prefeito Marcelo Rodrigues (PT). 


Marcelo tem pavimentado sua pré-candidatura e conquistado importantes apoios de parlamentares petistas. Além de Veras, o ambientalista já participou de uma reunião com a deputada estadual Teresa Leitão (PT), além de outros dirigentes estaduais da sigla. O partido está sintonizado com o projeto político nacional, seguindo a orientação do ex-presidente Lula. 


A candidatura própria do PT é uma aposta do grupo que venceu as eleições internas do partido com quase 70% dos votos, e que tem trabalhado para unificar toda a sigla municipal em torno deste projeto.

“Isso foi superado”, afirma Fernando Rodolfo sobre atritos com Romero Leal

Os atritos envolvendo o deputado federal Fernando Rodolfo (PL) e o prefeito de Vertentes Romero Leal (PSDB) parece agora serem águas passadas. A relação de ambos, que foi marcada nos últimos anos por troca de acusações e provocações, melhorou de forma considerável. 


A mudança muito em parte, parece ter se dado devido à proximidade do pré-candidato a vereador Dida de Elda ao projeto do prefeito Romero Leal. Dida foi um importante alicerce na cidade de Vertentes para o projeto político de Fernando Rodolfo no último pleito, onde recebeu na cidade 1.003 votos. 


Em recente entrevista ao programa Cidade em Foco, o deputado foi questionado sobre a possibilidade de uma aliança com o prefeito Romero Leal e respondeu, "Eu não tenho briga com o prefeito de Vertentes. Nós tivemos em algum momento, algumas desavenças, algumas discordâncias de posicionamentos, mas isso foi superado. Eu tenho feito meu trabalho em Brasília e o prefeito está fazendo o trabalho dele em Vertentes”. 


Na oportunidade, o parlamentar comentou a intenção de Dida de Elda de ser candidato a vereador neste ano. "Dida tem a pretensão de ser candidato a vereador nas próximas eleições e eu disse que quem faz política lá é ele e que ele tome o caminho que ele achar correto. Dida terá o meu apoio para vereador e nós vamos ajudar nessa empreitada ai que ele vai enfrentar”, destacou. 


Fernando Rodolfo deixou claro durante sua fala, que Dida de Elda tem total liberdade para definir em qual palanque pretende integrar nas próximo eleições. "Se ele entender que o melhor caminho é seguir com o prefeito Romero Leal, tenho que dizer a ele que boa sorte, sucesso e que siga o seu caminho junto com o prefeito Romero Leal”, disse. 


Fernando ainda justificou a necessidade de um alinhamento com o prefeito para que seu trabalho possa chegar com efeitos em Vertentes. "Não adiante eu mandar um milhão de reais para Vertentes e o prefeito por picuinha política não usar. Já que ele (Romero) não tem esse comportamento, é importante que haja um alinhamento e que a gente consiga. Quem vai ganhar com isso não só eu, não é o prefeito, não é Dida, é o povo de Vertentes”, defendeu.

Irã reconheceu que derrubou avião ucraniano

Da ISTOÉ - Por AFP


O Estado-Maior das Forças Armadas iranianas admitiu neste sábado que um “erro humano” foi a origem da catástrofe com o Boeing 737 da Ukrainian Airlines, e Teerã pediu desculpas pelo incidente, cuja origem foi o “aventureirismo” dos Estados Unidos.


O aparelho, no qual viajavam 176 pessoas, foi identificado como um “avião hostil” e “atingido” no momento em que a ameaça inimiga se encontrava “no mais alto nível”, revelou um comunicado divulgado pela agência oficial de notícias Irna.


O presidente iraniano, Hassan Rohani, declarou que seu país “lamenta profundamente” o incidente, que chamou de “grande tragédia” e “erro imperdoável”.


“A investigação interna das Forças Armadas concluiu que, lamentavelmente, mísseis lançados por um erro humano causaram o horrível impacto no avião e a morte de 176 inocentes”.


A maioria das vítimas era iraniano-canadense, mas também havia britânicos, suecos e ucranianos a bordo.


O ministro das Relações Exteriores, Mohammad Javad Zarif, apresentou as desculpas do Irã pela catástrofe.


“É um dia triste”, escreveu Zarif no Twitter, citando um “erro humano em tempos de crise causada pelo aventureirismo dos americanos. Nosso profundo arrependimento, desculpas e condolências ao nosso povo, às famílias de todas as vítimas e às outras nações afetadas”.


O incidente ocorreu na madrugada de quarta-feira, logo após o Irã disparar mísseis contra bases militares utilizadas pelos militares americanos estacionados no Iraque em resposta ao assassinato pelos EUA de um general iraniano em um ataque com um drone em Bagdá.


O Estado-Maior garantiu à população que o “responsável” pela tragédia será levado “imediatamente” à Corte Marcial e que o fato não se repetirá.


“Garantimos que com as reformas fundamentais nos processos operacionais das Forças Armadas tornaremos impossível a repetição de erro semelhante”.


O voo PS752 da companhia Ukraine Airlines International (UAI) caiu dois minutos depois de decolar do Aeroporto de Teerã rumo a Kiev.


Estados Unidos, Canadá, Reino Unido e Holanda já haviam antecipado que a queda era resultado de um míssil iraniano, e vídeos neste sentido foram publicados nas redes sociais.

Incêndios: 22 milhões de hectares da Amazônia ameaçados

O Globo - Por Renato Grandelle e Rafael Garcia


Um novo estudo mostra que o ressecamento da Amazônia, impulsionado pela crise do clima e agravado pelo desmatamento, pode deixar uma vasta porção da floresta vulnerável a incêndios. No pior cenário, retroalimentado pelo fogo, nos próximos 30 anos a mata passará a emitir mais CO2 do que absorve.


Segundo o trabalho, liderado pelo cientista climático Paulo Brando, do Instituto de Pesquisa Ambiental da Amazônia (Ipam), a área mais vulnerável é o sudeste da floresta. Em estudo publicado nesta sexta-feira na revista Science Advances, ele projeta que 22,3 milhões de hectares podem ser queimados até 2050, emitindo 17 gigatoneladas de CO2. Essa área representa 16% da cobertura florestal do sul da Amazônia, a região estudada.


Brando diz ter ficado surpreso com os resultados da simulação, baseada num cenário inercial no qual o desmatamento e as emissões de CO2 continuam no mesmo ritmo no futuro. Ele alerta que, nesse contexto, as queimadas usadas para limpeza de terreno na agropecuária representam um risco cada vez maior de desencadear incêndios fora de controle.


— Enfrentaremos muitos problemas se continuarmos com a política do fogo — diz o cientista, que também é professor do Departamento de Ciências da Terra da Universidade da Califórnia em Irvine. — Teremos mais estiagens e, por isso, uma demanda hídrica acentuada, além do aumento da temperatura.


O estudo foi realizado para criar melhores projeções de emissões futuras de CO2, porque métodos usados hoje não levam ainda em conta os dados de incêndios florestais, e subestima sua contribuição para os gases-estufa.

Pernambuco ganha o reforço de mais 72 aspirantes a oficiais da Polícia Militar e Corpo de Bombeiros

Governador comandou solenidade de formatura dos novos policiais, que passarão por um período de  experiência prática nas unidades operacionais de suas corporações


O governador Paulo Câmara comandou, nesta sexta-feira (10.01), a solenidade de Conclusão do Curso de Formação de Oficiais da Polícia Militar e do Corpo de Bombeiros de Pernambuco, realizada no Quartel do Comando Geral da Polícia Militar de Pernambuco, no Derby. Ao todo, 72 aspirantes a oficiais, sendo 55 da PMPE e 17 do CBMPE, participaram da cerimônia de devolução do Espadim Tiradentes, recebido no início do curso, que representa a honra e a dignidade dos cadetes, e foram agraciados com as espadas que representam o oficialato.


“A Polícia Militar e o Corpo de Bombeiros têm nos ajudado a enfrentar um grave problema nacional que é a violência. Os desafios são enormes, mas com esses reforços, com vocês que acabaram de se formar, vamos ter policiais e bombeiros prontos e determinados para nos ajudar a enfrentar e a diminuir cada vez mais a violência. É muito importante que tenham a certeza de que estão prontos para trabalhar, ajudando Pernambuco e servindo à população. Parabéns a todos. Sejam bem vindos a essas duas instituições que nos orgulham. Tenho certeza de que vocês estão preparados para salvar vidas e buscar a paz no estado de Pernambuco”, afirmou Paulo Câmara.


Agora, os novos aspirantes passam por um período de experiência prática nas unidades operacionais de suas corporações, com duração de seis meses. Após isso, estarão aptos a assumir o primeiro posto de oficialato, como segundos-tenentes. Realizados na Academia de Polícia Militar de Paudalho, na Zona da Mata Sul do Estado, os cursos de formação da PM e do CBPM tiveram 1.886 horas aulas e 1.890 horas aula, respectivamente. Enquanto o primeiro é constituído de uma malha curricular de 51 disciplinas – a exemplo de fundamentos da Polícia Comunitária, direitos humanos aplicados à atividade policial e planejamento operacional de policiamento – o segundo contou com 57 disciplinas e incluiu temas como salvamento terrestre, gerenciamento de desastres e combate a incêndio.


O secretário de Defesa Social, Antônio de Pádua, ressaltou a dificuldade por que passaram os aspirantes para chegar a este momento, frisando a força de vontade para vencer os desafios. “Agora, é importante que vocês, aspirantes, honrem a estrela que carregarão em seus uniformes. Nosso trabalho é contínuo, firme e dedicado, para que a população se sinta cada vez mais segura. Enfrentem com coragem as adversidades. Quero, também, fazer um agradecimento ao governador Paulo Câmara, que não mediu esforços para que esse curso se realizasse”, pontuou o secretário.


Chefe da PMPE, o coronel Vanildo Maranhão parabenizou a conquista dos novos aspirantes e destacou que a solenidade reforça a atenção que o governador Paulo Câmara dá às questões relacionadas à segurança pública. “A segurança é a base mais sólida de qualquer civilização. Por isso, agradecemos ao governador pelo empenho e trabalho desenvolvido para que esse momento se concretizasse. Sigamos em defesa de todo povo pernambucano”, disse. O comandante geral do Corpo de Bombeiros, coronel Rogério Coutinho, explicou que o Curso de Formação é importante para que as atividades das corporações sejam realizadas de forma completa. “Atuamos em diversas áreas, entre elas, atendimento pré-hospitalar, combate a incêndios e crimes, então esse curso é de extrema importância para os concluintes, que enfrentarão os desafios que a sociedade exigir”, observou.


Estiveram presentes à solenidade o presidente da Assembleia Legislativa de Pernambuco, Eriberto Medeiros; o secretário de Trabalho, Qualificação e Emprego, Alberes Lopes; o chefe da Polícia Civil de Pernambuco, Joselito Kehrle; o presidente do Instituto Agronômico de Pernambuco, Odacy Amorim; o chefe da Casa Militar em exercício, Flávio Moraes; e a deputada estadual Dulcicleide Amorim.

Depressão pós-parto acomete mais de 25% das mães no Brasil

Ter um filho ou uma filha é o sonho de muitas mulheres brasileiras. Este sonho, em alguns casos, vem acompanhado de muita expectativa, dúvidas e receios. E a mãe, no meio disso tudo, pode se sentir triste, mal e incapaz de cuidar do seu próprio bebê. Quando a tristeza e o mal-estar se prolongam, é preciso ficar atento: ela pode estar com depressão pós-parto.


Um estudo feito pela Escola Nacional de Saúde Pública Sergio Arouca, da Fiocruz, mostra que a depressão pós-parto acomete mais de 25% das mães no Brasil. A ginecologista Mariana Rosário conta que, em alguns casos, a mulher pode sentir sintomas da doença, como tristeza, apatia, desalento e rejeição ao bebê, até mesmo durante a gestação.


“Os sintomas que a gente vai ter é tristeza, choro fácil, a paciente pode ficar mais sonolenta, ela pode tentar se afastar das pessoas que estão próximas a ela. Depois do parto, ela pode tentar se afastar até do bebê, que é onde a gente mais se preocupa, é onde ocorre os maiores problemas. Esses sintomas podem já ser notados durante a gestação. Durante o pré-natal, a gente já tem que prestar atenção, porque, às vezes, ela já dá alguns sinais de que ela vai ter a doença”, conta.


Foi exatamente o que aconteceu com a analista de departamento pessoal Camila Gomes Nuridsanyi, de 37 anos, de São Paulo. Ela já estava com quase 20 semanas de gravidez quando teve uma crise de choro diante de sua médica.


“Eu não aceitava a mudança de corpo, eu não aceitava não servir mais roupa minha. Mas assim, não era uma rejeição, porque eu quis ficar grávida, eu programei para ficar grávida, mas eu acho que foi tudo muito rápido”, disse.


Após fazer o tratamento indicado, Camila teve sua filha, hoje com oito meses, sem maiores complicações. Quando tudo parecia estar sob controle, a depressão voltou.


“O primeiro dia, quando eu voltei para casa, eu já comecei a chorar, achando que eu não ia dar conta, que eu não ia conseguir. E, assim, eu tinha medo de perder a minha bebê, medo de alguma coisa acontecer, porque ela se engasgava demais. Foi muito difícil”, relata.


Depois de enfrentar a depressão novamente, Camila, com a ajuda da família, decidiu que aquela era a hora de cuidar da própria mente e foi atrás de uma psicóloga para lidar com a situação. Hoje, se sente muito melhor e consegue exercer, sem o sofrimento de antes, seu papel de mãe.


A depressão pós-parto atinge principalmente as mulheres, mas não é exclusividade delas. Os homens também podem passar pelo problema. A ginecologista Mariana Rosário esclarece que, para eles, a condição é ainda pior, já que muitos pais não percebem que precisam de ajuda.


“São pais que estão preocupados se eles vão dar conta de sustentar aquela família que está aumentando ou que tiveram alguns problemas durante a gestação e que podem piorar depois do parto. Às vezes, aquilo, para eles, se torna um momento difícil de passar e ele desenvolve a doença também”, afirma a médica.


A indicação dos especialistas é, no caso de apresentar alguns dos sintomas, procurar uma unidade de saúde e começar o tratamento especializado. O SUS oferece tratamento gratuito e atenção completa para as mães que passam pela depressão pós-parto. Vale lembrar que mulheres com doenças psiquiátricas prévias em gestações não planejadas ou em situação social de risco podem ser mais vulneráveis à doença. Para saber mais informações, acesse saude.gov.br/depressaoposparto.

Justiça condena militante do PSTU do Piauí que fez fake news de professores contra Mendonça Filho a pagar indenização de R$ 50 mil à União

A Justiça Federal condenou o autor de umas das mais danosas fake news propagadas contra Mendonça Filho quando foi ministro da Educação. O professor João Rosa Paes Landim Neto, 47 anos, ligado ao PSTU do Piauí, foi condenado a pagar R$ 50 mil de indenização para a União, por propagar no seu site, o Mídia Popular, notícia falsa atribuindo a Mendonça Filho e ao MEC um suposto estudo para cortar salários dos professores com base em “regalias como piso nacional, aposentadoria, férias de 45 dias, aposentadoria especial e descanso pedagógico”. “O caráter abusivo e ilícito da reportagem é nítido, especialmente considerando que foi divulgada a foto do ministro, e abaixo, entre aspas, um texto como forma de reprodução de suas palavras, levando a falsa compreensão pelo leitor de que a frase é de sua autoria”, afirmou a juíza Marina Rocha Cavalcanti Barros Mendes, da 5ª vara do Tribunal Regional Federal.


A juíza acatou o pedido da Advocacia Geral da União e determinou, também, a remoção da postagem. Essa fake news foi feita em 2016 e chegou a atingir os trends topics do twitter. Na época, o então ministro Mendonça Filho pediu e conseguiu direito de resposta e a Advocacia Geral da União entrou com ação judicial por danos morais. “A verdade sempre prevalece, mas o dano para a minha imagem foi incalculável. Até hoje sou questionado por uma frase que nunca disse e um estudo que nunca existiu no MEC”, afirmou Mendonça.


Na campanha passada Mendonça foi alvo dessa fake news, inclusive por parte de advogados que compartilharam a notícia falsa. “O TRE foi firme e puniu todas as fakes news contra mim. Até porque, a esquerda é mestre em atacar os adversários com mentiras. Debate de ideias não é com eles”, completou. O ex-ministro vai encaminhar a decisão da Justiça Federal para a CPI da Fake News para que este caso seja analisado pela comissão.  “Como não me intimido com mentiras, não meço esforços na minha defesa e na preservação daJustiça condena militante do PSTU do Piauí que fez fake news de professores contra Mendonça Filho a pagar indenização de R$ 50 mil à União minha honra”, declarou. 

Ana Célia destaca avanços na educação de Surubim

A prefeita de Surubim e vice-presidente da AMUPE, Ana Célia (PSB) falou dos avanços de sua gestão na educação de Surubim e faz um balanço dos trabalhos na AMUPE durante participação ao programa Cidade em Foco, da Rede Agreste de Rádios.


Na oportunidade, a prefeita destacou investimentos realizados na educação de Surubim nos últimos anos e os bons resultados alcançados nos índices que avaliam o nível de educação nos municípios. 


"Fizemos todo um trabalho na educação, com toda a equipe e isso é muito importante. Então nós subimos 30 posições (nos índice de avaliação da educação). Então, o ex-gestor pintou apenas uma escola e nós já conseguimos requalificar 41 escolas nesta época de crise e sobretudo no processo de capacitação de todos os professores. Então, os números mostram que estamos no caminho certo”, disse. 


Vice-presidente da Associação Municipalista de Pernambuco (AMUPE), a mesma destacou o trabalho desenvolvido pelo presidente José Patriota (PSB) e reforçou a necessidade de união entre os prefeitos. "Na AMUPE não tem partido, então o resultado desse fortalecimento de nossa luta municipalista é a união de todos os prefeitos, para vencer todos esses desafios que são postos no dia a dia de nosso trabalho”, afirmou. 


Ainda durante sua fala, Ana Célia criticou a proposta do Governo Federal que visa extinguir municípios abaixo do número de habitantes justificável. "Tenho que falar enquanto vice-presidente que a AMUPE é contrária a extinção dos municípios. Aqui em Pernambuco são 2 municípios, na Paraíba tem mais de 60 municípios. Então há todo um consenso em cima disso e a gente sabe que realmente temos que priorizar”, disse.

Escoteiros Tradicionais realizam campanha para arrecadar fundos para ir à praia

Os Escoteiros Tradicionais do Brejo da Madre de Deus, durante o mês de janeiro estão realizando a campanha do Bombom, quem doar a partir de R$ 2,00 ganha um bombom, a iniciativa é para ir a praia no inicio de fevereiro para isso os escoteiros estão realizando a campanha em toda a cidade para arrecadar fundos.


“A nossa missão é construir no jovem a autonomia e a integração do mesmo a sociedade, indo a cada cidadão que conhece nosso trabalho para ajudar com um valor simbólico de R$ 2,00 ou até mais, devemos garantir aos nossos jovens o lazer como já diz o ECA – Estatuto da Criança e do Adolescente no Art. 227 “É dever da família, da sociedade e do Estado assegurar à criança e ao adolescente, com absoluta prioridade, o direito à vida, à saúde, à alimentação, à educação, ao lazer”. Disse a Chefe Lucinha Presidente da Associação dos Escoteiros.


Os Escoteiros é uma associação sem fins lucrativos é mantida pela sociedade brejense e o apoio de voluntários que presta serviços a instituição.


Quem conhece o trabalho dos escoteiros e deseja doar algum valor ou até mesmo o transporte pode entrar em contato pelos telefones: 81 9 9888-1407 / 9 9880-0391 / 9 9822-1516.

Dólar tem maior alta diária desde início de novembro

Apesar da diminuição das tensões no mercado financeiro internacional, o dólar teve a maior alta diária em dois meses e a bolsa de valores voltou a cair no Brasil. O dólar comercial encerrou a quinta-feira (9) vendido a R$ 4,086, com valorização de 0,85% (R$ 0,035). Em valores percentuais, essa foi a maior subida para um dia desde 8 de novembro, quando a divisa se valorizou 1,83%.


No mercado de ações, o índice Ibovespa, da B3 (antiga Bolsa de Valores de São Paulo), fechou aos 115.946 pontos, com recuo de 0,26%. Em queda pela quarta sessão consecutiva, o indicador encerrou abaixo dos 116 mil pontos pela primeira vez no ano.


O desempenho do mercado financeiro no Brasil contrastou com o dos mercados externos. A divulgação, pelo governo canadense e por oficiais de inteligência norte-americanos, de que um míssil iraniano atingiu o avião ucraniano que caiu logo após a decolagem em Teerã não alterou os indicadores. No fim da tarde, a cotação do barril de petróleo do tipo Brent estava em US$ 65,43, praticamente estável em relação a ontem (8).


Nas bolsas internacionais, o dia foi novamente marcado pela calma. As principais bolsas europeias fecharam em alta: 1,31% em Frankfurt, 0,31% em Londres e 0,19% em Paris. Nos Estados Unidos, o índice Dow Jones, de Nova York, operava em alta de 0,68% perto do fim das negociações.


Agência Brasil